Galp abre programa de trainees em Portugal, Espanha e Brasil

Pela primeira vez, o programa de trainees vai abranger, além de alunos de mestrado de Universidade, estudantes de Institutos Politécnicos e Escolas Profissionais.

A Galp abriu o período de candidaturas para o “Generation Galp”, dando assim início à 24.ª edição do seu programa de trainees. O programa permite a integração de jovens talento em qualquer área de negócio no mercado português e agora também no Brasil e em Espanha. Além disso, pela primeira vez irá abranger também estudantes de Institutos Politécnicos e Escolas Profissionais. A taxa de retenção do programa tem sido de 70%.

“Pela primeira vez, este programa não irá abranger apenas os alunos que se encontram a tirar o mestrado em Universidades, dirigindo-se agora também a estudantes de Institutos Politécnicos e Escolas Profissionais. O perfil académico das candidaturas recebidas difere consoante as oportunidades identificadas: gestão/economia, marketing, engenharia, analytics, gestão de recursos humanos/psicologia, IT e vendas”, detalha a empresa em comunicado.

O “Generation Galp” volta assim a desafiar jovens talentos a iniciarem a sua carreira profissional na Galp, possibilitando a sua integração em qualquer área de negócio no mercado português e agora também no Brasil e em Espanha.

Os trainees selecionados serão acompanhados por orientadores seniores. As candidaturas estão abertas até final de fevereiro e podem ser submetidas através deste link.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Galp abre programa de trainees em Portugal, Espanha e Brasil

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião