Francisco Sá Carneiro sai da Campos Ferreira por discordar da estratégia da firma

A Advocatus teve acesso ao mail de despedida do sócio fundador da Campos Ferreira, Campos Ferreira & Associados. Sá Carneiro transita para a Vieira de Almeida como sócio de M&A.

A adoção de uma nova estratégia da Campos Ferreira, Sá Carneiro & Associados (CS) foi a razão da saída de Francisco Sá Carneiro, sócio fundador do escritório que, agora, terá de mudar de nome. “Na minha opinião, a Campos Ferreira, Sá Carneiro & Associados perde alguns dos seus valores fundamentais e principais características que inquestionavelmente levaram ao seu sucesso. Não estando de acordo e, portanto, disponível para participar nessa nova estratégia, decidi sair”, disse o advogado, num e-mail enviado a todos os advogados do escritório esta segunda-feira, o último dia em que está afeto ao escritório.

Sá Carneiro irá para sócio de M&A da Vieira de Almeida, tal como a Advocatus avançou em primeira mão.

Em setembro, a Advocatus já tinha noticiado que Fernando Campos Ferreira e Francisco Sá Carneiro estavam de saída da Campos Ferreira, Sá Carneiro & Associados (CS Associados). Mas por razões diferentes. Na altura, o escritório explicou que “a CS Associados entra num novo ciclo, orgulhando-se dos seus princípios fundadores, a que sempre se manteve e se manterá fiel. É com naturalidade que chegamos a este momento de viragem e transição geracional, com a saída no final do ano de Fernando Campos Ferreira, por ter atingido a idade de reforma prevista nas regras da sociedade, e de Francisco Sá Carneiro que por opção não acompanhará o novo ciclo da sociedade”.

“Com efeitos no final de hoje, desvinculo-me da Campos Ferreira, Sá Carneiro & Associados que, em consequência, alterará a sua denominação social. Continuarei a exercer advocacia, assessorando clientes que confiam e procuram o meu aconselhamento”, explicou o advogado.

“Foi um percurso notável, que excedeu em muito as minhas expectativas iniciais. Começar em 2009 um projeto profissional de raiz estava longe de ser um passo evidente, tendo em conta as condições económicas e financeiras da altura, longe de serem as ideais. Todavia, em 12 anos a Campos Ferreira, Sá Carneiro & Associados aumentou o número de sócios de 6 para 14 (embora o outro sócio cujo nome constava da firma da sociedade tenha saído do corpo de sócios em 2017) e de 20 advogados para mais de 50. Navegando num ambiente difícil, muito embora a firma beneficiou enormemente do apoio de clientes e de sociedades de advogados amigas, nacionais e internacionais, que não hesitaram em recomendá-la apesar da juventude da organização. Tendo começado com as áreas de societário, mercado de capitais, financeiro e fiscal, através de promoções internas e contratações externas, conseguiu-se acrescentar novas áreas de prática: contencioso, laboral, imobiliário, administrativo, penal e regulatório, concorrência e propriedade intelectual. A Campos Ferreira, Sá Carneiro & Associados tornou-se numa full-service boutique”, escreveu Sá Carneiro, no e-mail.

Numa nota mais pessoal, Francisco Sá Carneiro admite que estes 12 anos confirmaram que havia “de facto espaço para um escritório de advogados diferente. Um projeto baseado numa prática com um rácio baixo e numa margem elevada, com o forte envolvimento, alinhamento pleno e liderança de todos os sócios, não só externamente, como internamente. Desde o início foi decidido prescindir de um sócio-director ou sócio-sénior e, apesar das diferentes origens, idades e experiências, a partir da sua eleição cada sócio tinha assento no conselho de administração e os mesmos direitos de voto dos demais. Assim, todos tiveram grande envolvimento na administração da sociedade e nas suas diversas práticas profissionais”.

Referindo-se à sua ida para a VdA, o advogado explica que “sendo uma das principais sociedades de advogados em Portugal, a VdA dispensa apresentações. Será um privilégio continuar a minha vida profissional numa sociedade de advogados que conheço bem há muitos anos, respeito e aprecio. Estou eternamente grato pelo seu apoio e o da sua empresa ou firma durante todo este período, que nalguns casos durou toda a minha vida profissional, concluiu.

Francisco Sá Carneiro, advogado com mais de trinta e cinco anos de prática, é reconhecido pela sua expertise em fusões e aquisições, bancário e financeiro, comercial e societário, e mercado de capitais, assessorando regularmente clientes, nomeadamente instituições financeiras e investidores, em complexas transações nacionais e internacionais nestas matérias.

 

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Francisco Sá Carneiro sai da Campos Ferreira por discordar da estratégia da firma

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião