CS’Associados mantém o nome, mesmo com saída dos sócios fundadores

Desde 2019 que a Campos Ferreira, Sá Carneiro & Associados passou a ser CS'Associados. Agora, com a saída dos sócios que deram nome ao escritório, vai manter essa mesma marca.

Aquela que foi a Campos Ferreira, Sá Carneiro & Associados durante uma decáda — criada em 2009 — passou a ser CS’ Associados desde 2019 com o rebranding da marca. Agora, com a saída dos sócios fundadores que deram nome ao escritório – Fernando Campos Ferreira e Francisco Sá Carneiro — o escritório vai manter o nome CS’ Associados.

“Mantemo-nos CS’ Associados, nome que já usávamos desde 2019, quando o escritório procedeu ao rebranding da marca. É também o nome que espelha o modelo de gestão partilhada da sociedade, com igualdade entre sócios”, segundo fonte oficial do escritório explicou à Advocatus.

Em setembro, o mercado ficou a saber que Fernando Campos Ferreira e Francisco Sá Carneiro estavam de saída do escritório. Mas por razões diferentes. No dia da sua saída do escritório, Francisco Sá Carneiro escrevia, num mail de despedida, que “com efeitos no final de hoje, desvinculo-me da Campos Ferreira, Sá Carneiro & Associados que, em consequência, alterará a sua denominação social”. Segundo fonte do escritório, essa mesma denominação social “já está a ser alterada e ficará igual à marca utilizada”.

Segundo o que fonte oficial do escritório esclareceu, em setembro, ao ECO/Advocatus, “a CS Associados entra num novo ciclo, orgulhando-se dos seus princípios fundadores, a que sempre se manteve e se manterá fiel. É com naturalidade que chegamos a este momento de viragem e transição geracional, com a saída no final do ano de Fernando Campos Ferreira, por ter atingido a idade de reforma prevista nas regras da sociedade, e de Francisco Sá Carneiro que por opção não acompanhará o novo ciclo da sociedade”.

Sá Carneiro irá para sócio de M&A da Vieira de Almeida, tal como a Advocatus avançou em primeira mão, no sábado.

“Volvidos 12 anos desde a constituição da sociedade, período durante o qual nos afirmámos como um escritório de referência no mercado português”, o ciclo dos seus sócios fundadores chega assim ao fim. “É amplamente reconhecido o papel de ambos na construção da sociedade e muito agradecemos o legado que nos deixam, que integra a nossa cultura e valores e sempre fará parte da nossa história. Ao Fernando, que já vem preparando a sua saída, desejamos as maiores felicidades nesta nova etapa da sua vida, após uma carreira plena de desafios e conquistas. Ao Francisco, desejamos o maior sucesso na continuação da sua vida profissional“, explica a mesma fonte, questionada pela Advocatus.

O escritório foi fundado por Fernando Campos Ferreira, Francisco Sá Carneiro, Maria Castelos, Martim Morgado, Duarte Brito de Goes e Bernardo Abreu Mota, a 30 de dezembro de 2009. Situado na Avenida da Liberdade, o escritório conta com 13 sócios (segundo o site).

No ano passado, a CS Associados alcançou o terceiro lugar da tabela de operações de M&A em Portugal, com o valor de operações a ascender os 2.433 milhões de euros. Por ano, o escritório fatura cerca de 11 milhões de euros.

A adoção de uma nova estratégia da CS’ Associados foi a razão da saída de Francisco Sá Carneiro. “Na minha opinião, a Campos Ferreira, Sá Carneiro & Associados perde alguns dos seus valores fundamentais e principais características que inquestionavelmente levaram ao seu sucesso. Não estando de acordo e, portanto, disponível para participar nessa nova estratégia, decidi sair”, disse o advogado, num e-mail enviado a todos os advogados do escritório na segunda-feira, o último dia em que esteve afeto ao escritório.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

CS’Associados mantém o nome, mesmo com saída dos sócios fundadores

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião