Fundação Bial premeia investigação na base de vacinas contra a Covid-19

Usada nas vacinas da Pfizer e da Moderna, a tecnologia crítica de mRNA vale à equipa liderada pelo norte-americano Drew Weissman a atribuição do Bial Award in Biomedicine, no valor de 300 mil euros.

A equipa liderada pelo cientista norte-americano Drew Weissman que ajudou a desenvolver tecnologia crítica de mRNA, usada nas vacinas da Pfizer e da Moderna para prevenir a Covid-19, é a vencedora do Bial Award in Biomedicine, tendo sido reconhecida com um prémio de 300 mil euros.

Este trabalho representa uma conquista extraordinária. É uma façanha na biologia molecular focada na saúde humana e alcançou o salto tecnológico nas vacinas de mRNA que é a base das vacinas atualmente administradas contra a SARS-CoV-2 para fazer face à pandemia de Covid em países de todo o mundo”, sublinha Ralph Adolphs, presidente do júri do Bial Award in Biomedicine, citado em nota de imprensa.

O neurocientista destaca ainda que atualmente há “evidências substanciais” de que a tecnologia de mRNA tem várias aplicações. Além de estar a ser usada para lidar com a atual pandemia, as vacinas de mRNA estão também a ser desenvolvidas para doenças infecciosas como a malária e a gripe, e para doenças não infecciosas, como o cancro.

O vencedor da segunda edição deste prémio promovido pela Fundação Bial para distinguir trabalhos em biomedicina “de excecional qualidade e relevância científica” foi escolhido entre 47 artigos nomeados entre as investigações mais relevantes da última década na área da biomedicina.

É uma façanha na biologia molecular focada na saúde humana e alcançou o salto tecnológico nas vacinas de mRNA.

Ralph Adolphs

Presidente do júri do Bial Award in Biomedicine

Além de Weissman, o galardão de 2021 é atribuído a mais 36 coautores, que são investigadores das Universidades da Pensilvânia, Duke e Kansas State, da Harvard Medical School, do National Institute of Health e da Bioqual (todas nos Estados Unidos da América), da canadiana Acuitas Therapeutics e da alemã BioNTech RNA Pharmaceuticals.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Fundação Bial premeia investigação na base de vacinas contra a Covid-19

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião