Comissão Europeia confirma ter realizado “inspeções surpresa” no setor do gás natural na Alemanha

A Comissão Europeia emitiu um comunicado onde confirma ter feito diligências nas instalações de empresas do setor do gás natural na Alemanha.

A Comissão Europeia confirmou ter realizado na terça-feira um conjunto de “inspeções surpresa” às instalações de várias empresas na Alemanha com operação no setor do gás natural. O Executivo europeu não indica a quais, mas entre elas estará a estatal russa Gazprom.

“Em 29 de março de 2022, a Comissão Europeia levou a cabo inspeções não anunciadas nas instalações de várias empresas na Alemanha ativas no fornecimento, transmissão e armazenamento de gás natural”, lê-se num comunicado divulgado esta quinta-feira.

A nota revela que a operação está relacionada com suspeitas de violação das regras europeias da concorrência que “proíbem o abuso de posição dominante”. Os responsáveis da Comissão “foram acompanhados” pelo regulador alemão responsável pela Concorrência.

“Inspeções não anunciadas são um passo investigatório preliminar a suspeitas de práticas anticoncorrenciais. O facto de a Comissão levar a cabo estas inspeções não significa que as empresas são culpadas de algum comportamento anticoncorrencial, sem prejuízo do resultado da própria investigação”, refere Bruxelas.

Na quarta-feira, a Bloomberg avançou que a União Europeia terá realizado buscas nos escritórios da Gazprom na Alemanha. Segundo a agência, estará em causa o papel da Gazprom na subida dos preços do gás natural na Europa, como noticiou o ECO.

A notícia surge no mesmo dia em que um jornal russo noticia que a Gazprom estará a estudar formas de fechar a torneira do gás à Europa. A empresa garantiu que os níveis de fornecimento na quarta-feira estão em linha com a média dos dois dias anteriores.

(Notícia atualizada pela última vez às 9h45)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Comissão Europeia confirma ter realizado “inspeções surpresa” no setor do gás natural na Alemanha

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião