De Braga ao Algarve, Team.it faz “tour” para visitar trabalhadores remotos

A iniciativa está a ser, em parte, financiada com o valor que a empresa conseguiu poupar ao tomar a decisão de reduzir o espaço de escritório para metade.

Com uma filosofia de remote first, a maioria dos colaboradores da Team.it já trabalham a partir de diferentes zonas do país. Mas isso não significa que não possam ter alguns momentos de interação presencial. A tecnológica está a agendar visitas a diferentes localidades portuguesas, promovendo iniciativas que reforcem a ligação das equipas com a empresa. A team tour irá decorrer de norte a sul e arranca já no dia 26 de abril, em direção a Castelo Branco. A iniciativa está a ser financiada em parte com o valor que a redução do espaço de escritório permitiu poupar.

“A nossa estratégia de corporativismo sustentável inclui o trabalho remoto, uma vez que queremos que os nossos colaboradores vivam e trabalhem a partir dos locais onde se sintam melhor; no entanto, isso traz um forte entrave ao fortalecimento de laços”, começa por dizer Flávio Massano, CEO da Team.it.

“Apercebemo-nos que a solução podia passar precisamente por termos um escritório volante que se deslocasse até onde a equipa estivesse, dando a oportunidade à grande maioria de lidar presencialmente, pela primeira vez, com colegas de diferentes departamentos”, acrescenta, em comunicado.

A team tour tem ainda o propósito de aproximar-se das comunidades, em articulação com as autarquias locais. Além de reuniões com empresas e associações, a equipa da empresa irá ainda ter uma presença ativa nos polos de ensino superior, mostrando aos estudantes o trabalho que desenvolvem e quais os valores pelos quais se regem. No período pós-laboral irá ainda participar em ações de voluntariado promovidas por entidades locais. Todas estas iniciativas surgem com um propósito comum de contribuir para o desenvolvimento territorial.

Com a maioria dos nossos colaboradores em full remote, decidimos reduzir o espaço dos nossos escritórios para metade. O valor que estamos a poupar está a ser direcionado para esta iniciativa de aproximação a toda a equipa e às comunidades locais onde estão inseridos.

Flávio Massano

CEO da Team.it

“A fixação de quadros no interior permite um maior e mais rápido desenvolvimento sustentável dessas regiões. Esta é uma premissa em que não só acreditamos, como defendemos: garantimos condições para que os profissionais possam desenvolver as suas carreiras e vidas pessoais a partir das aldeias ou vilas de onde são naturais, recebendo o mesmo salário que quem trabalha a partir de grandes centros urbanos, e tendo as mesmas possibilidades de progressão na carreira”, explica Flávio Massano.

“Com a maioria dos nossos colaboradores em full remote, decidimos reduzir o espaço dos nossos escritórios para metade. O valor que estamos a poupar está a ser direcionado para esta iniciativa de aproximação a toda a equipa e às comunidades locais onde estão inseridos”, conta o CEO da tecnológica.

A primeira etapa da team tour vai decorrer em Castelo Branco, onde vivem 12% dos colaboradores. No primeiro dia, 26 de abril, a tecnológica irá estar representada na Associação Empresarial da Beira Baixa (NERCAB), enquanto no dia seguinte, desloca-se até à Escola Superior de Tecnologia. Os últimos dois dias, 28 e 29 de abril, serão passados entre a Escola Superior de Gestão de Idanha-a-Nova e a Junta de Freguesia do Ladoeiro.

Após a passagem por Castelo Branco, a Team.it irá passar pelo Fundão, Covilhã, Algarve, Leiria, Porto, Coimbra, Aveiro, Braga e Guimarães.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

De Braga ao Algarve, Team.it faz “tour” para visitar trabalhadores remotos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião