Carta da Gazprom aos clientes europeus tira 5% aos preços do gás natural

Gazprom enviou carta aos clientes europeus na tentativa de acalmar os receios de que o pagamento em rublos viole as sanções. Preços descem na Europa.

Os preços de referência do gás natural na Europa recuam mais de 5% esta segunda-feira, para 96,5 euros por MWh, depois de a Rússia ter tentado acalmar os clientes quanto às sanções aplicadas pelo Ocidente a Moscovo.

No fim de semana, a Bloomberg noticiou que a estatal russa Gazprom enviou uma carta aos clientes europeus a explicar que o Kremlin publicou uma orientação que “clarifica o procedimento” para que o gás seja pago em rublos.

Na ótica da Gazprom, o mecanismo criado pelo Kremlin e anunciado no final de março pelo Presidente russo Vladimir Putin não viola as sanções. A mensagem surge alguns dias depois de a Rússia ter fechado a torneira do gás à Polónia e à Bulgária, depois de os dois países terem recusado pagar o gás russo em rublos.

Futuros do TTF em MWh:

Fonte: Barchart

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Carta da Gazprom aos clientes europeus tira 5% aos preços do gás natural

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião