Garrigues, Cuatrecasas e Uría Menéndez foram os escritórios que mais faturaram em Espanha em 2021

Segundo dados revelados pelo jornal Expansión, a Garrigues foi o escritório que mais faturou em 2021, com 361,4 milhões de euros. Cuatrecasas e Uría Menéndez no top 3.

A Garrigues foi o escritório de advogados que mais faturou em Espanha em 2021, totalizando o valor de 361,4 milhões de euros. Segundo os dados divulgados pelo jornal espanhol Expansión, o crescimento da firma foi de 7,3% em relação ao ano de 2020.

Próxima do topo da tabela ficou a Cuatrecasas com uma faturação de 285,9 milhões de euros, que se traduz num crescimento de 3,6% face a 2020. Em terceiro lugar surge a Uría Menéndez com 206,8 milhões de euros, uma subida de 6%.

Fonte: Cartórios, Registro Mercantil e cálculos próprios da Expansión. Nota: No caso de empresas internacionais que não apresentam contas em Espanha e encerram o exercício a 30 de abril, foram considerados os dados estimados a 27 de abril.

A fechar o top 5 estão também a PwC Tax & Legal, com uma faturação de 169,3 milhões de euros, e a EY Abogados, com 151,2 milhões.

Entre os escritórios com uma maior variação em relação a 2020 estão o Squire Patton Boggs (38,6%), que surge na posição 53 com uma faturação de 10,4 milhões de euros, e a Pérez-Llorca com uma variação de 32,8%, faturando 91 milhões de euros.

Relativamente à evolução do setor jurídico, a taxa de faturação anual cresceu entre 2020 e 2021, de 1,9% para 7,7%. Ainda assim, este valor foi inferior ao ano de 2019, pré-pandemia, em que a taxa rondou os 8,8%.

Fonte: Ranking de Expansión

No que concerne ao volume global de negócios, a Garrigues volta a ocupar a posição cimeira com um valor de faturação de 414,2 milhões de euros, um crescimento de 7,1%. A fechar o top3 está ainda a Cuatrecasas, com 350 milhões, e a Uría Menéndez, com 264,4 milhões de euros.

 

 

Inclui o volume de negócios total das sociedades de advogados espanholas em todo o mundo. Fonte: Cartórios, Registro Mercantil e cálculos próprios da Expansión

Já a Cuatrecasas é a sociedade de advogados a operar em Espanha com maior atividade no exterior, totalizando uma faturação de 64 milhões de euros. Em segundo lugar na tabela surge a Uría Menéndez, com 57,6 milhões, e a Garrigues, com 52,8 milhões de euros.

Fonte: Cartórios, Registro Mercantil e cálculos próprios da Expansión

Em termos de faturação por profissional, a Allen & Overy é a que possui a faturação mais elevada, com 3.364.706 euros por sócio e 529.630 por profissional. No top 3, está também a Herbert Smith Freehills, como 2.767.513 euros por sócio e 512.502 por profissional, e a Linklaters, com 3.467.421 euros por sócio e 499.098 por profissional.

Por fim, no que concerne à evolução da contratação, a Fieldfisher é a que mais contrata com uma variação de 85% relativamente ao número de profissionais e 61,8% relativamente ao número de trabalhadores. No top 3 está ainda a LaBE Abogados e a ETL Global.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Garrigues, Cuatrecasas e Uría Menéndez foram os escritórios que mais faturaram em Espanha em 2021

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião