João Vieira dos Santos e José Machado vencem 5.ªedição do Prémio Abreu Advogados

A Abreu Advogados premiou mais uma vez a investigação inovadora em direito. Na quinta edição o prémio foi entregue a João Vieira dos Santos e José Machado.

João Vieira dos Santos e José Machado são os vencedores, ex aequo, da 5ª edição do Prémio Abreu Advogados, uma competição nacional dedicada à investigação e à inovação para a prática do direito. A cerimónia de entrega das distinções teve lugar na passada quinta-feira no auditório da firma em Lisboa e contou com a presença dos vencedores e dos membros do júri e com as intervenções de Inês Sequeira Mendes, managing partner da Abreu Advogados, e Luís Barreto Xavier, presidente do Instituto de Conhecimento.

João Vieira dos Santos foi premiado pela tese de doutoramento apresentada na Faculdade de Direito da Universidade do Porto, com o tema “Regulação de formas de financiamento Fintech, Crowdfunding e ICO”, enquanto José Machado foi distinguido pela tese de doutoramento que apresentou na Escola de Direito da Universidade do Minho, sobre “A responsabilidade civil dos gestores por violação do dever de promover a negociação no âmbito dos instrumentos pré-insolvenciais de recuperação de empresas”.

Com uma periodicidade bienal, o Prémio Abreu Advogados tem como objetivo promover a realização de trabalhos de investigação em domínios jurídicos novos ou com uma vertente marcadamente inovadora. Cada um dos vencedores desta edição vai receber o montante de 3.750 euros e ter a possibilidade de publicar os respetivos trabalhos pelas Edições Almedina.

Luís Barreto Xavier, presidente do Instituto de Conhecimento da Abreu Advogados, e José Machado e João Vieira dos Santos, vencedores do prémio.

“A dificuldade em escolher apenas um vencedor para esta edição é demonstrativa da qualidade dos trabalhos apresentados. Estamos muito satisfeitos com as distinções atribuídas a João Vieira dos Santos e José Machado, que conseguiram combinar um trabalho de investigação rigoroso com um pensamento crítico e criativo sobre temas tão atuais para a prática do direito”, destaca Luís Barreto Xavier.

O júri para esta edição do Prémio Abreu Advogados foi composto por Alexandre Dias Pereira, Professor Associado da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra; Benjamim Silva Rodrigues, Juiz Conselheiro Jubilado do Supremo Tribunal de Justiça; Diogo Pereira Duarte, sócio da Abreu Advogados; Filipa Calvão, Professora da Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa; Isabel Marques da Silva, Juíza Conselheira do Supremo Tribunal Administrativo; Luís Gonçalves da Silva, consultor da Abreu Advogados; Marta Costa, sócia da Abreu Advogados e Paulo de Tarso Domingues, sócio da Abreu Advogados e Diretor da Faculdade de Direito da Universidade do Porto.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

João Vieira dos Santos e José Machado vencem 5.ªedição do Prémio Abreu Advogados

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião