Petróleo cai 2,5% com refinarias a aumentar produção

Os preços do petróleo arrancaram a sessão em alta mas acabaram por recuar. Barril de "ouro negro" situa-se nos 109 dólares.

Depois de arrancar o dia em alta, o “ouro negro” acabou por desvalorizar 2,5% para os 109 dólares o barril. As preocupações com uma crise de oferta acabaram por ser amenizadas depois de dados do governo norte-americano mostrarem que as refinarias dos EUA aumentaram a produção.

O Brent, referência europeia, fechou com perdas de 2,5%, para 109,11 dólares o barril. Já o WTI, em Nova Iorque, caiu também 2,5%, para 109,59 dólares o barril. Ambos tinham começado a sessão desta quarta-feira em alta ligeira, com a China a reabrir.

Dados divulgados esta quarta-feira mostraram que as reservas de petróleo dos EUA caíram em 3,4 milhões de barris na semana passada, uma redução inesperada, já que as refinarias aumentaram a produção.

A “produção mais alta e importações mais fortes, atividade de refinaria mais forte e exportações de petróleo incentivaram a redução dos stocks“, explicou Matt Smith, analista de petróleo da Kpler, citado pela Reuters.

Por outro lado, há também pressão nos preços na sequência das notícias de que os Estados Unidos vão permitir à Chevron Corp que negoceie licenças de exploração de petróleo com a produtora nacional da Venezuela, levantando assim temporariamente a proibição que existia até então. A concretizar-se, esta notícia poderá levar a mais petróleo no mercado e, por isso, à queda da cotação.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Petróleo cai 2,5% com refinarias a aumentar produção

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião