Remote lança ferramenta para encontrar o seu lugar ideal para trabalhar remotamente

Criando uma lista dos melhores sítios remotos para trabalhar, com todos os critérios em posições médias, Portugal figura no Top 5, graças à Madeira.

A Remote lançou uma ferramenta para descobrir a perfeita localização remota para si. Baseada em sete critérios, aqueles a que os nómadas digitais dão maior importância, esta ferramenta é capaz de gerar um ranking, de acordo com as suas necessidades e desejos, conforme se dá mais importância a manter um custo de vida baixo ou a ter uma velocidade máxima de Internet, por exemplo. Criando uma lista dos melhores sítios remotos para trabalhar, com todos os critérios em posições médias, Portugal figura no Top 5, graças à Madeira, que ocupa o quarto lugar da lista. É a única menção a Portugal no ranking que junta 100 destinos.

“Muitos lugares podem gabar-se de ter uma cultura construída em torno da sua gastronomia, mas poucos — como a Madeira — chegam a ter a honra de ter uma marca de vinho e um bolo com o seu nome! Para além dos copos felizes, o arquipélago montanhoso da Madeira é um paraíso turístico popular, famoso pelas suas praia subtropicais, pela maior exibição anual de fogo de artifício do mundo, pelo bailinho da Madeira (estilo único de ballet madeirense), pelos resorts exóticos classificados como os melhores em toda a Europa, pelos carnavais extravagantes e por uma biodiversidade imaculada”, escreve a Remote no site.

Igualmente importante é que, para trabalhadores remotos internacionais, a Madeira oferece “taxas de imposto competitivas”, “generosas opções de alojamento”, “espaços de coworking e de vida construídos a pensar nos nómadas digitais” e uma “comunidade de startups em expansão”.

Exemplo disso mesmo foi o programa piloto “Digital Nomads Madeira Island”, que tem como objetivo atrair profissionais digitais sob o alargamento de um tratamento fiscal mais favorável ao rendimento de residentes não habituais.

Neste ranking, que posiciona a Madeira na quarta posição, Toronto (Canadá), Madrid (Espanha) e Auckland (Nova Zelândia) ocupam, respetivamente, o pódio. Enquanto Toronto se destaca pela qualidade de vida, segurança, atividades que oferece e crescimento económico, Madrid é uma “perfeita combinação de arte clássica, arquitetura e cuisine, juntamente com as condições ideias para um trabalhador remoto visitar Espanha”. Já Auckland oferece Internet rápida, uma enorme variedade de espaços de coworking e um verdadeiro ambiente de criatividade e startups.

No top 10 estão ainda Helsínquia (Finlândia), Svalbard (Noruega), Berlim (Alemanha), Valparaíso (Chile), Dublin (Irlanda) e Sydney (Austrália).

Um ranking personalizável às necessidades de cada um

Mas nem todos os profissionais têm as mesmas prioridades. Para quaisquer que sejam as suas preferências, a Remote tem as respostas que procura. “Procurámos no globo os melhores destinos para os trabalhadores remotos. Na nossa pesquisa, avaliámos milhares de locais através de sete fatores-chave: internet, atratividade, segurança, qualidade de vida, transparência, custo de vida e incentivos para trabalhadores remotos.

“Poderíamos ter surgido com mais uma lista clássica, mas estávamos empenhados em encontrar o que todos os outros ignoraram, incluindo incentivos especiais para os trabalhadores à distância”, salienta a empresa fundada em 2019 por Marcelo Lebre e Job van de Voort, e que já se converteu num unicórnio português.

Para descobrir quais são os seus melhores destinos para trabalho remoto terá de selecionar o grau de importância que dá a cada critério. Aceda à ferramenta aqui.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Remote lança ferramenta para encontrar o seu lugar ideal para trabalhar remotamente

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião