Auchan está “a identificar potenciais candidatos refugiados” da Ucrânia

Retalhista alimentar estabeleceu ainda um protocolo com a Cruz Vermelha Portuguesa para simplificar todo o circuito de integração dos refugiados.

A Auchan está a “identificar potenciais candidatos refugiados” ucranianos e a “permitir uma primeira etapa formativa (línguas, integração) antes de integrarem uma das vagas identificadas nas nossas lojas ou serviços de apoio“, adianta Jorge Filipe, diretor de recursos humanos do retalhista alimentar, à Pessoas.

“Temos estado a preparar a integração de refugiados ucranianos nas nossas equipas e lançámos internamente uma plataforma de apoio, onde colaboradores portugueses se podem oferecer para ajudar de diversas formas os refugiados que vão chegando”, diz Jorge Filipe.

“Estamos a identificar potenciais candidatos refugiados, e a permitir uma primeira etapa formativa (línguas, integração) antes de integrarem uma das vagas identificadas nas nossas lojas ou Serviços de Apoio”, diz o líder de pessoas, sem adiantar o número de vagas que podem ser preenchidas por refugiados.

Desde março que temos também um grupo de contacto direto com colaboradores de nacionalidade ucraniana, a fim de dar resposta, de uma forma mais focada, às necessidades de cada um deles, bem como das suas famílias. Para além disso, temos neste momento um levantamento de todas as vagas por preencher nas nossas lojas a nível nacional”, refere ainda.

O retalhista alimentar estabeleceu ainda um protocolo com a Cruz Vermelha Portuguesa para simplificar todo o circuito de integração dos refugiados, estando a solicitar aos colaboradores ucranianos que trabalham há alguns anos na companhia, “a terem um papel relevante”, como “padrinhos” na integração e acompanhamento dos seus conterrâneos”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Auchan está “a identificar potenciais candidatos refugiados” da Ucrânia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião