Hoje nas notícias: Salários, TAP e trabalho digno

  • ECO
  • 26 Maio 2022

Dos jornais aos sites, passando pelas rádios e televisões, leia as notícias que vão marcar o dia.

Os presidentes executivos das principais cotadas na bolsa nacional receberam, em média, 32 vezes mais do que os trabalhadores dessas empresas. As empresas já não vão ter de justificar por escrito o despedimento de um trabalhador durante o período experimental. O presidente do Turismo de Portugal incentivou o Norte a apostar na Iberia em vez de na TAP. Conheça as notícias em destaque na imprensa nacional esta quinta-feira.

CEO portugueses ganham 32 vezes mais do que os trabalhadores

No ano passado, os presidentes executivos das principais empresas portuguesas cotadas em bolsa receberam, em média, 32 vezes mais do que os trabalhadores dessas empresas, de acordo com um ranking feito pela Proteste Investe, da Deco, sobre a disparidade salarial. O CEO da Jerónimo Martins, Pedro Soares dos Santos, lidera essa lista, tendo recebido mais de três milhões de euros em 2021, o que representa um aumento de 19,3% face a 2020.

Leia a notícia completa na Rádio Renascença (acesso livre).

Empresas já não terão de justificar despedimento em período experimental

O Governo levou a agenda do trabalho digno à Concertação Social na quarta-feira, tendo prescindido do acordo com os parceiros sociais, que criticam o documento. Ainda assim, o Executivo cedeu em algumas coisas, incluindo numa das “linhas vermelhas” da Confederação Empresarial de Portugal (CIP). Caiu a alteração que obrigaria os empregadores a justificar por escrito a razão da denúncia de qualquer contrato durante o período experimental.

Leia a notícia completa no Jornal de Negócios (acesso condicionado).

Turismo de Portugal aconselha Norte a optar pela Ibéria em vez da TAP

O presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo, incentivou os parceiros da região Norte a apostarem na Iberia como parceiro estratégico e em Madrid enquanto aeroporto de ligação internacional em detrimento da TAP. As declarações foram proferidas durante uma reunião promovida pelo Turismo do Porto e Norte, em que participou a secretária de Estado do Turismo, Rita Marques.

Leia a notícia completa no Jornal de Notícias (acesso condicionado).

Portugal ainda tem margem para aumentar compras de dívida

Os programas de compra de dívida do Banco Central Europeu (BCE) deverão ser descontinuados no terceiro trimestre, mantendo-se os reinvestimentos. No entanto, o Banco de Portugal tem a capacidade de continuar a aumentar a aquisição de títulos de dívida nacional, visto que, apesar de o valor líquido das compras ter aumentado para um novo recorde em 2021, voltou a não comprar toda a dívida que poderia adquirir.

Leia a notícia completa no Jornal de Negócios (acesso condicionado).

“Com a solução de Luís Montenegro o PSD fica mais pequeno”, diz Jorge Moreira da Silva

O candidato à liderança do PSD Jorge Moreira da Silva considera que as diretas do próximo sábado podem ser a última oportunidade para que o partido se refunde. E diz não aceitar uma campanha de um “certo feudalismo”. “Não me conformo nem resigno com um PSD que aparece apenas em fases de socorro e de emergência”, afirma o ex-ministro, em entrevista ao Público. “Espero que os militantes percebam que, com a solução de Luís Montenegro, vamos ficar mais pequenos”, remata.

Leia a notícia completa no Público (acesso condicionado).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Hoje nas notícias: Salários, TAP e trabalho digno

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião