Nas notícias lá fora: chips, inflação e Google

  • ECO
  • 1 Junho 2022

A escassez de semicondutores poderá prolongar-se até 2024. Na Alemanha, os passes mensais vão ter um desconto no Verão.

A escassez de semicondutores poderá prolongar-se até 2024, depois de se registarem constrangimentos no fornecimento destes materiais devido à pandemia. Na Alemanha, para fazer face à inflação, o preço do passe mensal terá um desconto no Verão. Já pelos Estados Unidos, os salários estão a aumentar, com a remuneração média na Google a atingir quase 300 mil dólares por ano. Veja estas e outras notícias que marcam a atualidade internacional.

Le Parisien

Falta de chips pode prolongar-se até 2024, alerta secretária do Comércio dos EUA

A secretária do Comércio dos EUA, Gina Raimondo, alertou que a escassez de semicondutores poderá prolongar-se e mencionou 2024 como o ano em que se poderão constatar melhorias reais. A procura por estes materiais explodiu durante a pandemia, o que provocou a penúria de hoje, amplificada pelos encerramentos de fábricas na China devido à ressurgência das infeções com o novo coronavirus. “Infelizmente, não vejo a penúria de chips atenuar-se de forma significativa no próximo ano”, declarou, durante uma teleconferência, depois da sua deslocação à Ásia.

Leia o artigo completo no Le Parisien (acesso livre, conteúdo em francês)

Financial Times

Líder do DWS demite-se após operação policial sobre alegações de greenwashing

O presidente executivo da principal empresa de gestão de ativos da Alemanha, DWS Group, demitiu-se horas depois de os escritórios da empresa em Frankfurt terem sido invadidos pela polícia por alegações de greenwashing, isto é, fazer passar práticas por mais ambientais do que são na verdade. Asoka Wöhrmann, que era CEO desde o final de 2018, deixará o cargo a 10 de junho, sendo substituído por Stefan Hoops, que estava à frente do banco corporativo do Deutsche Bank , acionista majoritário da DWS.

Leia a notícia completa no Financial Times (acesso condicionado, conteúdo em inglês)

El Economista

Allianz, CDPQ e Vauban competem por 49% da fibra rural da Telefónica

A Telefónica está pretses a vender 49% do negócio de fibra ótica rural em Espanha, depois de receber pelo menos três ofertas. A alemã Allianz Partners, a canadense Caisse de Dépôt et Placement du Québec (CDPQ) e a francesa Vauban Infrastructure Partners estão na lista de candidatos, à qual se poderá ainda juntar um quarto fundo. Corrida para ativos avaliados em cerca de mil milhões de euros deverá ser formalizada com ofertas vinculantes dos candidatos nos próximos dias.

Leia a notícia completa no El Economista (acesso livre, conteúdo em espanhol)

The Wall Street Journal

Salário médio na Google atinge quase 300 mil dólares por ano

O aumento geral dos salários nos Estados Unidos está a atingir outros patamares em setores como o tecnológico, onde empresas como a Alphabet, que controla a Google, pagam atualmente um salário médio de quase 300 mil dólares por ano. A remuneração média na maioria das grandes empresas norte-americanas ficou acima dos níveis pré-pandemia em 2021, num contexto de forte procura de emprego e inflação elevada. Entre quase 450 empresas analisadas, em 275 os salários melhoraram entre 2019 e 2021, sendo que em mais de 150 empresas o salário médio aumentou mais de 10% entre 2019 e 2021.

Leia o artigo completo no The Wall Street Journal (acesso condicionado, conteúdo em inglês)

The Berlin Spectator

Alemanha põe passe mensal a preço de saldo no Verão para travar inflação

Os alemães dispõem a partir desta quarta-feira de um passe mensal para transportes públicos por apenas nove euros, parte de um pacote de medidas para responder ao aumento dos preços provocado pela guerra na Ucrânia. Além do desconto no acesso a transportes públicos e comboios regionais de todo o país, durante três meses, o Governo alemão já tinha anunciado, no final de março, um benefício fiscal de 300 euros no IRS e uma redução no imposto sobre o combustível durante três meses. Os passes mensais a nove euros estão disponíveis nos meses de junho, julho e agosto e podem ser usados nos transportes públicos de todas as cidades do país, e também em comboios regionais. De fora ficam os comboios de longa distância da Deutsche Bahn ICE, Intercity e Eurocity.

Leia o artigo completo no The Berlin Spectator (acesso livre, conteúdo em inglês)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Nas notícias lá fora: chips, inflação e Google

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião