Direto Sexto pacote de sanções com ok final. Hungria consegue retirar patriarca russo da lista negra

  • ECO
  • 2 Junho 2022

Um mês depois de ter sido apresentado pelo Executivo comunitário, o sexto pacote de sanções da União Europeia contra Moscovo foi finalmente aprovado pelos embaixadores dos Estados-membros.

Os embaixadores dos 27 Estados-membros da União Europeia (UE) aprovaram esta quinta-feira o sexto pacote de sanções contra Moscovo, que inclui um embargo parcial das importações de petróleo russo e exclui o maior banco russo, o Sberbank, do sistema internacional de pagamentos SWIFT.

As medidas aprovadas contemplam também um regime de exceção para o petróleo que chega a alguns países da UE através do oleoduto Druzhba e a proibição total até ao final do ano do petróleo importado por via marítima. O acordo permite ainda que, durante um período de 18 meses, a Hungria, a República Checa e a Eslováquia continuem a exportar entre si produtos refinados de petróleo proveniente da Rússia.

Por outro lado, o líder da Igreja Ortodoxa russa foi retirado da lista de sanções de Bruxelas contra Moscovo, a pedido do primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán, que vinha a bloquear a aprovação deste pacote de medidas há várias semanas.

Também esta quinta-feira, a Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados (OPEP+) anunciou um aumento da produção de petróleo superior ao que era esperado para os próximos dois meses, avança a Bloomberg e o The Wall Street Journal. O cartel concordou em acelerar a oferta de crude em cerca de 648 mil barris diários em julho e agosto, 50% mais do que o aumento de 432 mil barris por dia nos últimos meses.

A decisão da OPEP+ representa uma cedência do cartel à pressão dos EUA e de outros países importadores, que esperam assim aliviar a fatura das famílias, por exemplo, através dos preços dos combustíveis rodoviários. Neste momento, o Brent recua mais de 1% em Londres, para 115,15 dólares, enquanto o norte-americano WTI perde 0,80%, para 114,22 dólares.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Sexto pacote de sanções com ok final. Hungria consegue retirar patriarca russo da lista negra

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião