Cirurgias remotas em 5G chegam ao Hospital do Funchal

  • ECO
  • 20 Junho 2022

Operadora Nos e Johnson & Johnson MedTech instalam solução de assistência remota que permite interação entre médicos à distância, em tempo real.

A operadora Nos e a Johnson & Johnson MedTech implementaram uma solução de apoio remota aos profissionais de Saúde no Hospital Dr. Nélio Mendonça, no Funchal, que já está integralmente coberto com rede 5G.

“A solução de assistência remota estabelece uma ligação de vídeo de alta-definição 4K entre dois profissionais de Saúde que estejam ligados remotamente, utilizando os smartglasses, explica a Nos em comunicado. A tecnologia permite “o recurso a um apoio especializado a qualquer momento, esbatendo as distâncias físicas entre profissionais”.

O sistema foi posto em prática esta segunda-feira, com um especialista remoto em Lisboa a acompanhar e dar suporte aos médicos no laboratório de Hemodinâmica do hospital durante a ablação de uma taquicardia supraventricular, indica o comunicado.

“O 5G está a potenciar grandes avanços tecnológicos, que vão permitir um futuro melhor para todos os portugueses”, destacou Manuel Ramalho Eanes, administrador executivo da Nos. Ana Ayres, country manager da Johnson & Johnson MedTech salientou que “a combinação destas tecnologias, potencia a formação continuada dos profissionais de saúde e o tratamento diferenciado dos pacientes”.

Faz este mês um ano que foi anunciada a instalação de 17 antenas no Hospital da Luz, em Lisboa, também em parceria com a Nos. A unidade tornou-se, na altura, a primeira a estar equipada com a nova geração móvel, com cobertura de salas de cirurgia, do centro de formação e zonas de maior afluência de utentes.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Cirurgias remotas em 5G chegam ao Hospital do Funchal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião