Marcelo diz que ministro está a prevenir “situações negativas” na TAP

Marcelo Rebelo de Sousa vê com bons olhos a reunião entre o Governo e os pilotos da TAP, considerando que a tutela está a "prevenir situações que sejam negativas" para o turismo português.

O Presidente da República vê com bons olhos a reunião entre o ministro das Infraestruturas e os pilotos da TAP, convocada para esta quinta-feira à tarde, considerando que a tutela está a “prevenir situações que sejam negativas” para o turismo português.

Estão em curso contactos com o Governo, através do ministro competente, no sentido de prevenir num período que é particularmente sensível quando há um esforço de aproveitamento do fluxo turístico para o nosso país para prevenir situações que sejam negativas nos meses que temos pela frente”, disse Marcelo Rebelo de Sousa, em declarações transmitidas pelas televisões, quando questionado pelos jornalistas sobre a reunião convocada pelo ministro das Infraestruturas com os pilotos da TAP, no rescaldo da decisão da administração da companhia aérea de impedir a realização de um plenário na sexta-feira de manhã. Recorde-se que o turismo português já superou os níveis pré-pandemia.

No domingo passado, a TAP anunciou que vai reduzir em 10% o corte que os pilotos sofreram nos vencimentos e aumentar o patamar a partir do qual aplicará reduções nos salários dos restantes trabalhadores. Contudo, as estruturas representativas dos pilotos não ficaram satisfeitas, pois exigiam uma redução maior.

Ao longo da semana, a relação entre administração e pilotos foi azedando, mas a situação deteriorou-se na quarta-feira quando a administração decidiu recusar aos pilotos a realização de um plenário que estava marcado para sexta-feira de manhã. A companhia aérea justificou a decisão com o facto de o plenário reunir 400 pilotos, o que poria em causa 120 voos.

Face a esta tomada de posição, o Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) acusou a administração da empresa de desrespeitar e proibir o “exercício legítimo dos direitos laborais aos seus pilotos” e, consequentemente de violar a lei, e negou “com veemência os números avançados pela transportadora, relativamente a eventuais prejuízos resultantes da pausa na operação”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Marcelo diz que ministro está a prevenir “situações negativas” na TAP

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião