Gasolina 1,9% mais cara do que “preço eficiente”, o valor mais alto desde final de maio

Na semana passada, o preço da gasolina esteve, em média, quatro cêntimos por litro acima do "preço eficiente" calculado pela ERSE. Diferença no caso do gasóleo foi de 1,5 cêntimos por litro.

O preço da gasolina 95 simples na semana passada esteve, em média, quatro cêntimos por litro acima do “preço eficiente” calculado pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) para esse período. Foi o “valor mais elevado” desde que a ERSE começou a publicar semanalmente o relatório de supervisão dos preços dos combustíveis em 30 de maio, o que leva a entidade a dizer que é “necessário” acompanhar a sua evolução nas próximas semanas.

O “preço eficiente” é um preço médio semanal determinado pelo regulador com base nos preços dos combustíveis nos mercados internacionais e respetivos fretes marítimos, os sobrecustos com a incorporação de biocombustíveis e a componente de retalho, mais os impostos. A publicação semanal do relatório foi requerida pelo Governo.

De acordo com a ERSE, “verificou-se que a média nacional dos preços de venda ao público anunciados nos pórticos [preço básico nas bombas, sem descontos, cartões de frota e outros] e reportada no Balcão Único da Energia esteve quatro cêntimos por litro acima do preço eficiente dessa semana, no caso da gasolina 95 simples, o que corresponde ao valor mais elevado desde a publicação deste relatório [em 30 de maio]”.

O regulador indica ainda que, “tendo em conta os preços reportados desde 1 de janeiro de 2019, este valor encontra-se no percentil 96,5”. Para a ERSE, “é necessário avaliar a sua evolução nas próximas semanas”.

Quanto ao gasóleo simples, também se vendeu na semana passada a um preço 1,5 cêntimos por litro acima do “preço eficiente”, uma discrepância inferior à da gasolina. Feitas as contas, a gasolina simples foi vendida 1,9% mais cara do que o “preço eficiente”, enquanto no gasóleo essa percentagem foi de 0,7%.

Quanto à semana atual, de 27 de junho a 3 de julho, a ERSE calculou que o “preço eficiente” antes de impostos é de 1,277 euros por litro na gasolina 95 simples e de 1,393 euros por litro no gasóleo simples. Após impostos, esses preços sobem para 2,132 euros por litro na gasolina e para 2,123 euros por litro no gasóleo.

Preços desagregados dos combustíveis na semana atual:

Fonte: ERSE

Esta segunda-feira, os preços dos combustíveis rodoviários terão descido em 3,9 cêntimos por litro no caso da gasolina e em três cêntimos no caso do gasóleo, de acordo com as estimativas do Governo. No caso da gasolina, o recuo acontece pela segunda semana consecutiva, enquanto no gasóleo a descida é a primeira desde a semana de 30 de maio.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Gasolina 1,9% mais cara do que “preço eficiente”, o valor mais alto desde final de maio

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião