Hoje nas notícias: Galp, Martifer e apostas online

  • ECO
  • 28 Junho 2022

Dos jornais aos sites, passando pelas rádios e televisões, leia as notícias que vão marcar o dia.

O Estado já arrecadou 169 milhões de euros em dividendos e com atraso na venda da Galp. Ainda no plano empresarial, a Martifer ganhou um contrato numa base nuclear francesa. Entre 2016 e até março deste ano, os jogos e apostas online renderam mais de 567 milhões de euros aos cofres públicos. Novo regime de mobilidade de docentes por motivos de doença está a deixar de fora alguns professores.

Estado ganha 169 milhões com dividendos da Galp

Desde 2017 que o Estado mantém, através da Parpública, uma participação de 7,48% na Galp. Como não ficou com o dinheiro aplicado em obrigações emitidas em 2010, a Parpública tornou-se no segundo maior acionista da energética, depois de ter comprado um total de 885 milhões de euros junto dos investidores. À conta disso, o Estado já arrecadou um total de 169,1 milhões de euros em dividendos e sem ter tomado qualquer posição sobre os rumos da empresa. Se as ações fossem vendidas hoje, o Estado arrecadaria 711 milhões de euros.

Leia a notícia completa no Jornal de Negócios (acesso pago).

Martifer ganha contrato em base nuclear francesa

A Martifer é a única empresa portuguesa num consórcio para ajudar a construir novos edifícios para uma base nuclear na cidade francesa de Toulon. Neste empreendimento, a empresa de Oliveira de Frades irá dar o seu contributo através da unidade de construções metálicas. O projeto vai ser executado no prazo de mais de cinco anos (62 meses) e vai levar à adaptação das instalações na área de Missiessy da base naval de Toulon para acomodar novos submarinos de ataque nuclear do tipo Suffren, da classe Barracuda.

Leia a notícia completa no Jornal de Negócios (acesso pago)

Jogo online rende mais de 567 milhões às contas públicas

Entre o terceiro trimestre de 2016 e o final de março de 2022, os jogos e apostas online renderam mais de 567 milhões de euros aos cofres públicos. 2020 e 2021, os anos da pandemia, foram os que proporcionaram maior encaixe ao Estado, através do imposto especial sobre o jogo e taxas de licenças e homologação de sistemas. Os jogos online contaram com um total de 760 mil participantes. No último ano, os jogos online renderam 508,6 milhões de euros, mais do triplo dos 143,9 milhões de euros da receita bruta com o jogo nos casinos, salas de máquinas e de bingo convencionais.

Leia a notícia completa no Jornal de Notícias (acesso pago)

Mobilidade nas escolas. Lei deixa sem rede professores que são cuidadores ou doentes

O Governo aprovou alterações ao regime de mobilidade de professores por motivo de doença, que introduzem novos critérios para a colocação, que passa a depender da capacidade das escolas. Estas medidas permitem aos docentes com doenças incapacitantes (ou familiares próximos nessa situação) mudar para uma escola mais próxima de casa ou do prestador de cuidados de saúde e vão entrar em vigor já no próximo ano letivo. Contudo, as alterações estão a ser vistas como insuficientes por vários docentes, que dizem que ficaram de fora do regime e não lhes restará alternativa senão meter baixa.

Leia a notícia completa no Diário de Notícias (acesso pago)

Unidades de Saúde Familiar querem equipa de saúde familiar para todos os portugueses

A Associação Nacional de Unidades de Saúde Familiar (USF) defende que uma equipa de saúde familiar para todos é a base para a melhoria do Serviço Nacional de Saúde (SNS). Em declarações à Renascença, André Biscaia, presidente desta associação, considera que a ausência destas equipas ” é “um problema primordial e central” e que explica, em parte, a atual crise nas urgências. “Há muito investimento a fazer, mas tem de se começar por algum lado e tem de se começar por esta equipa para toda a população”, diz.

Leia a notícia completa na Rádio Renascença (acesso livre)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Hoje nas notícias: Galp, Martifer e apostas online

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião