Água pode ter de ser cortada à noite em Carrazeda de Ansiães devido à seca

  • Capital Verde
  • 5 Julho 2022

A Agência Portuguesa do Ambiente (APA) afirma que o abastecimento de água para consumo humano está assegurado, mas avisa: “temos de aprender a viver com menos água".

O nordeste transmontano preocupa com cinco barragens em situação crítica. No município de Carrazeda de Ansiães está mesmo ser considerada a suspensão do abastecimento de água à população durante a noite e o aumento do segundo escalão do tarifário, avança o Jornal de Notícias esta terça-feira.

O vice-presidente da Agência Portuguesa do Ambiente (APA), José Pimenta Machado, afirmou, em declarações ao Jornal de Notícias, que o abastecimento de água para consumo humano está assegurado, mas avisa: “Temos de aprender a viver com menos água.”

Em Carrazeda, a solução que está a ser considera pela APA e pela Câmara Municipal envolve também a reabilitação de novas captações de água, furos que já existem e o uso de águas das ETAR para a lavagem de ruas ou rega de jardins. Estão em causa seis a sete mil habitantes.

Este é o segundo ano hidrológico mais seco de sempre, só ultrapassado por 2004/05, quando se registou a pior seca de sempre. A percentagem de água no solo em grande parte do nordeste transmontano está abaixo dos 10%, no cenário mais gravoso de todo o país.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Água pode ter de ser cortada à noite em Carrazeda de Ansiães devido à seca

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião