Governo estuda abater juros do crédito à habitação no IRS

  • ECO
  • 9 Setembro 2022

pedro Nuno Santos já tinha afirmado estar a estudar uma forma de ajudar as famílias com prestação da casa ao banco. Medida já existe, mas para contratos até final de 2011.

O Governo afirmou esta semana que estava a estudar medidas para apoiar as famílias com prestação da casa ao banco e, de acordo com o Correio da Manhã (acesso pago), isso poderá passar pela dedução no IRS dos juros do crédito à habitação, alargando, assim, algo que já é possível, mas apenas para contratos feitos até ao final de 2011.

No Orçamento do Estado para 2012, no Governo de Passos Coelho e por imposição da troika, a dedução dos juros da casa no IRS ficou limitada aos contratos celebrados até ao final de 2011 e as despesas com habitação foram reduzidas de 30% para 15% do seu valor. Agora, mais de uma década depois, com o disparo das taxas de juro, o Executivo de António Costa estuda alargar essa possibilidade aos contratos celebrados após essa data.

De acordo com o CM, se for necessário apoiar as famílias com crédito à habitação, essa será, provavelmente, uma hipótese a ser utilizada. De 2012 a 2021, os bancos celebraram com os particulares cerca de 663 mil novos contratos de crédito para a compra de casa, sendo esse o universo potencial de beneficiários caso esta medida avance realmente.

Outra hipótese em cima da mesa é a possibilidade de dar às famílias uma moratória semelhante à do período crítico da pandemia, tal como admitiu esta sexta-feira o vice-presidente da bancada do PS, Carlos Pereira, à Renascença. O deputado adianta que Portugal está a defender a medida na União Europeia, mas falta a luz verde do Banco Central Europeu. “Nós não temos a capacidade de pôr políticas domésticas tratar já desse assunto”, disse.

Faça aqui a simulação do seu caso

Tenho um crédito à habitação no valor de euros, contratualizado por um prazo de anos, indexado à Euribor a 12 meses (que há um ano estava nos % ), com um spread de %. A prestação da casa que pago atualmente é de 308 euros, mas caso a Euribor a 12 meses passe para %, a prestação passa para 432 euros. (Mude os campos sublinhados para descobrir os números mais próximos da sua previsão.)

Nota: Se está a aceder através das apps, carregue aqui para abrir o artigo no browser.

(Notícia atualizada às 9h03 com mais informação)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Governo estuda abater juros do crédito à habitação no IRS

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião