“Se há área em que nunca vamos ter projeto acabado é a da gestão de pessoas”premium

Há 21 anos no grupo Santander, Alexandra Brandão lidera desde setembro a gestão de recursos humanos do banco a nível global. À Pessoas, fala sobre gerir em tempo de pandemia e sobre a reestruturação.

Estava a começar o último ano de curso quando assinou o seu primeiro contrato de trabalho com o Santander. O dia ficou-lhe sempre registado na memória: 1 de janeiro de 2000. Alexandra Brandão, 42 anos, licenciada em gestão pela Nova SBE e com um multinational master in business and administration pela Adolfo Ibañez School of Management, na Florida, nos EUA, e pela Deusto Business School, em Bilbau, Espanha, foi dando sempre passos dentro do grupo espanhol. Primeiro na sua área de sonho, “a banca de investimento”, começou em part-timee, no final desse ano e já com o curso acabado, foi integrada a tempo inteiro na empresa. Passou pela banca comercial como diretora da área de produtos, onde conheceu melhor o retalho, e foi acompanhando a “mudança de visão, e também de abrangência do que são

Assine para ler este artigo

Aceda às notícias premium do ECO. Torne-se assinante.
A partir de
5€
Veja todos os planos