Luanda Leaks

Um consórcio de jornalismo de investigação revelou mais de 715 mil ficheiros, sob o nome de “Luanda Leaks”, que detalham esquemas financeiros de Isabel dos Santos e do marido.

Outrora homem forte dos negócios de Isabel dos Santos, Mário Leite da Silva deu entrada com uma ação de 1,3 milhões contra a Terra Peregrin, através da qual a angolana tentou comprar a PT SGPS.

Empresária autorizada a pagar dívidas, através das contas bancárias arrestadas, às sociedades Finisantoro Holding Limited e Santoro Financial Holding, onde detém participação de 42,5% no EuroBic.