CaixaBank sobe preço para OPA sobre o BPI para 1,134 euros

Forçado a rever em alta o preço da OPA, o CaixaBank oferece agora uma contrapartida de 1,134 euros por cada ação que não detém no banco português.

Em vez dos 1,113 euros, os espanhóis do CaixaBank oferecem agora uma contrapartida de 1,134 euros na Oferta Pública de Aquisição (OPA) sobre o BPI registada esta quarta-feira na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), aumentando a oferta em 1,88% face à anterior proposta.

A revisão em alta do preço da OPA surge como consequência da desblindagem dos estatutos do banco português aprovada esta quarta-feira em assembleia geral. É que com a supressão dos limites dos votos, os espanhóis, detentores de 45,5% do capital do BPI, passaram a ter mais de 33% dos direitos de votos no banco liderado por Ulrich, situação que determina o lançamento de uma OPA obrigatória e não voluntária – como aconteceu até agora.

A contrapartida espanhola de 1,134 representa um prémio de quase 4% face à cotação de fecho do BPI na terça-feira.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

CaixaBank sobe preço para OPA sobre o BPI para 1,134 euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião