Correia de Campos eleito presidente do Conselho Económico e Social

À segunda votação, após uma reprovação em julho, Correia de Campos conseguiu pelo menos os 146 votos necessários. O voto é secreto.

Correia de Campos é o próximo presidente do Conselho Económico e Social, eleito com 146 votos, segundo a Lusa. A eleição decorreu esta sexta-feira na Assembleia da República, após uma tentativa falhada em julho, altura em que o nome de consenso entre o PSD e o PS foi reprovado.

Correia de Campos recolheu 54 votos brancos e 19 votos nulos, avança a SIC Notícias. Como estavam apenas 219 deputados presentes — dos 230 existentes — o mínimo de votos era exatamente 146.

De acordo com o site do Parlamento, o PSD tem 89 deputados e o PS 86. Em conjunto totalizam 175 deputados, número superior aos dois terços necessários. Mesmo com 11 deputados a faltarem, isso não justifica que a eleição tenha sido feita por um fio. Isto quer dizer que houve novamente deputados do PS ou PSD a votarem contra a eleição do Correia de Campos.

O ex-ministro da Saúde de José Sócrates tinha ficado aquém dos dois terços exigidos para ser aprovado. O voto é secreto, mas o mínimo para atingir os dois terços são exatamente 146 votos positivos dos deputados.

Em julho, Correia de Campos conseguiu apenas 105 votos favoráveis, contra 93 brancos e 23 nulos.

Editado por Mariana de Araújo Barbosa.

(Atualizado às 15h01)

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Correia de Campos eleito presidente do Conselho Económico e Social

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião