Bolsa de Lisboa lidera perdas na Europa

  • Ana Luísa Alves
  • 2 Dezembro 2016

Bolsa de Lisboa fecha em queda, seguindo a tendência das pares europeias. O PSI-20 perdeu cerca de 1%, com apenas duas cotadas positivas. Mota-Engil foi a mais castigada.

A praça Lisboeta encerrou a semana com o pé esquerdo, destacando-se com o pior registo a nível europeu. Os principais índices recuaram perante os receios em torno do risco político associado ao referendo em Itália.

O índice PSI-20 desvalorizou 0,99% para os 4.392,12 pontos, com apenas dois títulos a escaparem às perdas. No total da semana o PSI-20 perdeu 1,56%, depois de duas semanas consecutivas de ganhos.

A Mota-Engil foi a que mais perdeu, 3,01% para 1,52 euros, mas foram as perdas de 2,5% para 5,19 euros da NOS, e de 2,13% para os 1,16 euros do BCP as que mais pressão exerceram no índice luso. O setor energético também pressionou: a EDP e EDP Renováveis registaram uma queda de 0,07% e 0,34%, respetivamente.

A Galp recuou 0,27% para os 13,06 euros, não acompanhando a valorização registada esta sexta-feira no petróleo, ainda a reagir ao corte de produção da OPEP.

As ações da Altri, Semapa, e Navigator recuaram, penalizadas pela valorização do euro face ao dólar. A Altri perdeu 2,96% para 3,57 euros, enquanto a Semapa deslizou 2,20% para 12,02 euros, e a Navigator caiu 1,31% para 2,94 euros.

“A Altri e a Navigator caíram 2,96% e 1,31%, respetivamente, depois dos ganhos conseguidos ultimamente com a apreciação do Dólar”, justificaram os analista do BPI no comentário de fecho.

Em alta, referência para a Sonae Capital e para a Pharol. A empresa cuja maior ativo é a participação na Oi viu as suas ações recuperarem 0,6% para os 17 cêntimos. Já os títulos da Sonae Capital avançaram 0,14% para os 71 cêntimos.

Na Europa o cenário também foi de perdas no fecho da semana. A seguir a Lisboa, Madrid foi a bolsa que mais caiu, seguindo da bolsa de Paris. Destaque positivo, ainda assim, para a bolsa de Milão, que valorizou no fim da semana 0,16%.

(Notícia atualizada às 16h55)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Bolsa de Lisboa lidera perdas na Europa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião