Uber usou software para enganar autoridades

  • ECO
  • 4 Março 2017

Os problemas continuam para a Uber. A empresa é agora acusada de ter utilizado uma ferramenta "Greyball" para detectar e iludir as autoridades

A Uber tem usado uma ferramenta chamada “Greyball” para enganar as autoridades em mercados nos quais os seus serviços estavam a encontrar resistência por parte dos agentes regulatórios, ou mesmo em casos, em que tinha sido impedida de operar, escreve o Business Insider.

O “Greyball” usa dados recolhidos pela app da Uber com o intuito de detetar as autoridades e escapar às suas ações. Segundo aquela publicação a Uber terá usado esta ferramenta em cidades como Boston, Paris e Las Vegas.

A denúncia do “Greyball” terá partido de antigos e atuais funcionários da Uber.

Em declarações ao Business Insider, a plataforma não negou a existência da ferramenta. Mas frisou que esta é uma medida para proteger os motoristas.

Em comunicado a Uber frisa que “este programa nega atendimento a usuários que estejam a violar os nossos termos de serviço – quer se trate de pessoas que pretendam prejudicar fisicamente os motoristas, quer se trate de concorrentes que desejem perturbas as nossas operações ou opositores em conluio com as autoridades para operações cujo objetivo é apanhar motoristas em flagrante cometendo infrações”.

Supostamente a Uber terá começado a utilizar o Greyball em 2014. A ferramenta faria parte de um programa mais amplo chamado VTOS, a abreviação em inglês para “violação dos termos de serviço”.

O “modus operandi” da Uber passava por analisar o cartão de crédito do cliente analisando se estavam ligados a alguma instituição estatal. Caso detetasse agentes de autoridades a Uber mostrava-lhes um carro fantasma que no último momento cancelavam a viagem.

A notícia surge num momento em que a Uber está sob escrutínio devido à sua cultura empresarial e depois do próprio ceo da empresa ter sido apanhado a discutir com um dos seus motoristas.

Comentários ({{ total }})

Uber usou software para enganar autoridades

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião