Costa e Centeno explicam venda do Novo Banco às 19h00

  • Margarida Peixoto
  • 31 Março 2017

O Banco de Portugal vai emitir um comunicado sobre a venda, mas será o primeiro-ministro, António Costa, a dar a cara pela operação. Mário Centeno também estará na conferência de imprensa.

António Costa, o primeiro-ministro, e Mário Centeno, ministro das Finanças, vão comunicar ao país a venda do Novo Banco. Essa conferência de imprensa, já depois de um comunicado do Banco de Portugal sobre a operação, vai ter lugar às 19h00 em São Bento, revelou fonte oficial ao ECO.

Enquanto o Banco de Portugal vai emitir apenas um comunicado sobre a venda da instituição, caberá ao Governo explicar a operação numa conferência de imprensa em que, tal como tinha sido revelado por Maria Manuel Leitão Marques no Conselho de Ministros, estará também Mário Centeno. Mourinho Félix, secretário de Estado do Tesouro, não estará presente já que está fora do país.

António Costa dá a cara pelo negócio de venda do Novo Banco ao Lone Star, operação que contará também com uma garantia estatal num valor que poderá chegar aos quatro mil milhões de euros, tal como avançou em primeira mão o ECO.

Esta garantia, que já mereceu críticas por parte do PSD, terá, conta o Jornal de Negócios, causado desconforto no seio do Partido Socialista (PS). Razão pela qual será António Costa a explicar aos portugueses os contornos do negócio.

O PSD, através de António Leitão Amaro, diz que o “Governo tem de dizer o custo do perdão parcial de dívida relativamente ao empréstimo ao Fundo de Resolução”. “Ao alargar prazo e reduzir juros, o Estado e Governo deram perdão aos bancos. Depois disto, os bancos ficam a pagar um valor real muito inferior ao suportado pelos contribuintes”, rematou.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Costa e Centeno explicam venda do Novo Banco às 19h00

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião