Zeinal Bava multado em 58 mil euros

A Comissão de Valores Mobiliários, que regula os mercados no Brasil, aplicou uma multa de 200 mil reais (58 mil euros) a Zeinal Bava por declarações sobre fusão PT/Oi em véspera de assembleia-geral.

Zeinal Bava foi multado pelo regulador brasileiro dos mercados em 200 mil reais, o equivalente a quase 58 mil euros. Em causa estão declarações do antigo presidente executivo da Portugal Telecom (PT) e da Oi, proferidas em março de 2014, fazendo referência aos “benefícios” da fusão entre as duas operadoras.

Segundo a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), as palavras de Zeinal Bava — que ocupava a “posição executiva de maior destaque na Oi”, recorda o regulador — foram “imediatamente publicadas” em vários sites de notícias. Porém, os principais pontos da operação só seriam “deliberados pelos acionistas em assembleia geral extraordinária” no dia seguinte, como que ativos iria a PT incorporar na Oi.

A CVM entende que “não há dúvidas” que as declarações do chefe da Oi, proferidas no decorrer na oferta pública, em vésperas da assembleia-geral e num evento promovido pela própria empresa, “tinham potencial de influenciar interessados na oferta, em clara ofensa ao período de silêncio” previsto na lei.

“Ficou evidente que [Zeinal Bava] falou sobre a ofertante, assim como o seu discurso carregava um tom bastante otimista acerca do seu futuro, fazendo alusão única e exclusivamente aos benefícios que seriam obtidos pela companhia caso a operação de fusão da Oi com a PT fosse concretizada”, considerou o relator do processo. Zeinal Bava pode ainda recorrer da decisão.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Zeinal Bava multado em 58 mil euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião