Antiga Soares da Costa dispara 24% após registo da OPA

CMVM registou esta quinta-feira a OPA lançada pela Investéder, de António Castro Henriques e Gonçalo Andrade Santos, gestores do antigo grupo Soares da Costa. Ações da SDC disparam.

As ações da SDC-Investimentos disparam esta sexta-feira quase 24%, depois de a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) ter registado a Oferta Pública de Aquisição (OPA) da Investéder, de António Castro Henriques e Gonçalo Andrade Santos, gestores do antigo grupo Soares da Costa.

Com um disparo de 23,81%, os títulos da SDC-Investimentos avançam para os 2,6 cêntimos, ligeiramente abaixo da contrapartida de 2,7 cêntimos que a Investéder está a oferecer para controlar a empresa na totalidade. Ainda não passava uma hora de negociação e já tinham sido trocados mais de 2,5 milhões de títulos da SDC-Investimentos, quase sete vezes acima da média diária do último ano.

A oferta é geral e voluntária, arrancando a 15 de maio até 2 de junho. O resultado da operação será apurado em sessão especial do mercado regulamento da Euronext Lisbon no dia 5 de junho.

SDC dispara

António Castro Henriques e Gonçalo Andrade Santos são, simultaneamente, gerentes da Investéder e administradores executivos da SDC-Investimentos. Por sua vez, esta é uma sociedade gestora de participações e investimentos nas áreas da construção, concessões de infraestruturas e imobiliário.

A SDC detém um terço da Soares da Costa Construção, controlada em 58,85% por Manuel Fino, sendo o restante capital disperso em bolsa. No total, a oferta é de 4,32 milhões de euros.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Antiga Soares da Costa dispara 24% após registo da OPA

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião