Expansão? Lisboa, a primeira escolha da startup Pipedrive

  • ECO
  • 19 Maio 2017

A Pipedrive é uma startup da Estónia com sete anos e dois escritórios. Lisboa foi a escolha para abrir um terceiro, que quer receber 100 trabalhadores até 2018.

De Tallin para Nova Iorque e agora para Lisboa. A Pipedrive vem para Portugal à procura de talento para expandir o seu produto, um software de vendas. Quer recrutar 50 pessoas em 2017 e repetir o feito até ao final de 2018, em áreas que vão desde a informática à contabilidade e ao marketing.

A Pipedrive ganhou o prémio de Melhor Empregador na Estónia em 2016. Até agora, eram 250 trabalhadores de 25 nacionalidades diferentes a trabalharem para a empresa a partir de Tallin, na Estónia, e Nova Iorque, EUA. A partir de agora, um terceiro escritório em Lisboa — inaugurado esta semana — vai receber mais 100 funcionários até ao final de 2018. As vagas são nas áreas de suporte técnico, soluções para cliente, design de produto, contabilidade e programação.

Pipedrive inaugura primeiro escritório em Portugal em maio de 2017.Pipedrive

Porquê Lisboa? Todos os fatores se alinharam a partir do meridiano de Greenwhich: aqui, o fuso horário é bom, a língua inglesa está muito presente e os técnicos de IT têm a qualidade desejada. Por outro lado não é uma cidade muito cara e o clima também atrai. O facto de acolher o WebSummit também teve peso na escolha daquela que é vista pela empresa como “a cidade das startups”. Por fim, à esquerda do meridiano, Portugal tem a afinidade linguística com o Brasil que também é um fator positivo, dado que a Pipedrive tem lá vários clientes.

Martin Henk, cofundador da Pipedrive afirma como objetivo da startup em Lisboa “fazer parte da comunidade local de startups, tornar-se um empregador conhecido em Portugal e fazer deste escritório uma parte estratégica da empresa“.

A Pipedrive ganhou o prémio de Melhor Empregador na Estónia em 2016.Pipedrive

A Pipedrive tem de momento como clientes 50 mil pequenos negócios, espalhados por 140 países a “venderem melhor” com a ajuda do seu software.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Expansão? Lisboa, a primeira escolha da startup Pipedrive

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião