The Edge Group vende edifício lisboeta a fundo londrino por 29 milhões

O fundo Rockspring terá pago 29 milhões de euros à empresa de Pinto Basto por edifício na zona ribeirinha de Lisboa. O edifício D. Luís I alberga o novo escritório da Farfetch em Lisboa.

O fundo imobiliário Rockspring, de capitais europeus, adquiriu o edifício D. Luís I, situado na zona ribeirinha de Lisboa ao The Edge Group, de José Luís Pinto Basto. O edificio é o que alberga, entre outros, o novo escritório da Farfetch.

A operação, que tinha sido acordada em setembro de 2016, implicou um encaixe de 29 milhões de euros para a empresa portuguesa. Do negócio faz ainda parte um outro edifício situado na mesma zona. O edifício D. Luís I apresenta uma área de 10.729 metros quadrados e 146 lugares de estacionamento e tem como principais inquilinos a Farfetch, que este mês anunciou a abertura do seu novo escritório em Lisboa, e a multinacional Sitel.

Em comunicado, José Luís Pinto Basto, CEO do The Edge Group, adianta: “Esta parceria do The Edge Group com a Rockspring comprova a forte atratividade da zona ribeirinha de Lisboa para dar resposta à tendência de reabilitação urbana e à falta de espaços para instalar escritórios na cidade”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

The Edge Group vende edifício lisboeta a fundo londrino por 29 milhões

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião