Carlos Brandão é o novo diretor de risco do Novo Banco

Antigo presidente do Bankinter será a partir da próxima segunda-feira o diretor de risco do Novo Banco.

Carlos Brandão abandonou a liderança do Bankinter Portugal para o cargo de diretor de risco do Novo Banco, confirmou ao ECO fonte oficial do banco. A notícia tinha sido avançada pelo Jornal de Negócios (acesso livre).

Aquele responsável deixou a presidência executiva do Bankinter em Portugal há cerca de um mês, quando decidiu abandonar funções naquele banco para “abraçar novos projetos profissionais”. Assume agora novas funções no ex-BES a partir da próxima segunda-feira, tendo o seu nome já sido comunicado ao Banco Central Europeu (BCE).

A saída de Brandão do Bankinter acontece cerca de um ano depois de o banco espanhol ter adquirido o negócio de retalho ao Barclays por 86 milhões de euros. De resto, Carlos Brandão já liderava o Barclays em Portugal antes de o Bankinter ter ficado com as operações do banco britânico no país.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Carlos Brandão é o novo diretor de risco do Novo Banco

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião