As reações ao atentado terrorista em Barcelona

  • João Santana Lopes e Rita Atalaia
  • 17 Agosto 2017

Pelo menos 13 mortos e 50 feridos. Este é o resultado de um ataque terrorista em Barcelona que já despertou várias reações no Twitter.

Uma carrinha invadiu as Ramblas, no centro de Barcelona, atropelando várias pessoas. Ao todo, morreram, pelo menos, 13 pessoas e há mais de 50 feridos a registar até ao momento. Este incidente, que as autoridades já confirmaram ter-se tratado de um atentado terrorista, agitou o Twitter, a plataforma usada por vários responsáveis para reagirem a mais um ato terrorista na Europa.

“São uns assassinos, simplesmente uns criminosos que não nos vão aterrorizar. Toda a Espanha é Barcelona. As Ramblas voltarão a ser de todos.” Foi assim que reagiu Filipe VI num comentário publicado no Twitter. O primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, também usou a rede social, dizendo que os “terroristas nunca vão derrotar um povo unido que ama a liberdade. Espanha está com as vítimas e as famílias”.

Mas as reações de outros altos responsáveis também surgiram rapidamente. O primeiro-ministro britânico diz estar “do lado de Espanha contra o terror”, enquanto o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, já deu as condolências aos familiares das vítimas e ao primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy. Segundo o que foi avançado, a carrinha terá percorrido 530 metros, tendo entrado para Avenida La Rambla através da Praça da Catalunha, uma das zonas mais procuradas por aqueles que visitam a cidade catalã.

O presidente dos EUA também usou o Twitter para reagir a este atentado terrorista. Donald Trump afirma que “os EUA condenam o ataque terrorista em Barcelona e farão o que for necessário para ajudar”. Já o porta-voz da chanceler alemã, Angela Merkel, considera o ataque “repulsivo” e diz que a Alemanha está “do lado dos espanhóis”. O condutor da carrinha já foi detido pela polícia. Sabe-se já que o ataque foi premeditado e levado a cabo por Driss Oukabik, numa altura em que a cidade tem estado sob pressão, com o locais a queixarem-se de uma ocupação massiva de turistas.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

As reações ao atentado terrorista em Barcelona

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião