Codacy fecha nova ronda: mais 4,3 milhões de financiamento

Startup portuguesa liderada por Jaime Jorge fechou ronda de financiamento de mais de quatro milhões. Investimento foi liderado pela sueca EQT e conta com dois investidores portugueses.

A startup portuguesa Codacy, que criou uma solução que permite analisar e corrigir milhões de linhas de código (programação) por semana, acaba de fechar uma ronda de financiamento Series A no valor de 4,3 milhões de euros (5,1 milhões de dólares), avança esta quinta-feita o Techcrunch. A ronda de financiamento foi liderada pelos suecos da EQT Ventures e contou ainda com a participação dos portugueses da Faber Ventures e da Caixa Capital, e também dos britânicos do Seedcamp e do alemão Join Capital.

“Mais do que linhas de código, a nossa missão é conseguir aumentar a produtividade com qualidade e em escala. Fazemos isto, centralizando os problemas mais recorrentes, com alertas e métricas e integrando-os completamente nas rotinas de trabalho”, explica Jaime Jorge, CEO da Codacy, citado pela publicação britânica.

De acordo com estimativas da empresa, os programadores otimizam em 30% o tempo de revisão das linhas de código que desenvolvem. A empresa conta com a colaboração de 40.000 programadores, numa rede de profissionais espalhada por todo o mundo.

Fundada em 2012, a Codacy saiu vencedora do concurso de pitch do Web Summit, em 2014, e foi uma das razões que chamou a atenção de Paddy Cosgrave para Portugal que, desde 2016, recebe o maior evento de tecnologia e empreendedorismo do mundo.

Notícia corrigida a 18 de agosto, às 9h52. Foi a Faber Ventures e não a Portugal Ventures a investir na startup portuguesa, como tinha sido escrita pelo ECO.

Comentários ({{ total }})

Codacy fecha nova ronda: mais 4,3 milhões de financiamento

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião