BCE: compra de dívida portuguesa com novo mínimo de 414 milhões

  • Ana Batalha Oliveira
  • 4 Setembro 2017

O Banco Central Europeu voltou a diminuir o valor de compra de dívida em Portugal, que atingiu um mínimo histórico de 414 milhões de euros em agosto.

O Banco Central Europeu diminuiu novamente o investimento em dívida portuguesa: 414 milhões de euros é o valor mais baixo desde o início do plano de aquisição de dívida do setor público (PSPP). As compras voltam assim a cair após a interrupção pontual na aquisição de obrigações em julho, mês em que se registou um aumento.

O mínimo histórico é de 414 milhões de euros que elevam para 29.076 milhões o montante total investido pelo BCE nas obrigações portuguesas no âmbito do PSPP. Desde abril de 2017 que o BCE tem estado a diminuir o valor das compras de dívida pública nacional. A única inversão aconteceu em julho, com um investimento de 517 milhões, valor superior ao registado nos dois meses anteriores.

Cristina Casalinho disse em entrevista ao ECO que esta diminuição gradual na compra da dívida serve de preparação para o fim do programa do BCE, que só deverá alongar-se até ao final deste ano. Contudo, a presidente do IGCP admite que “Nunca se está totalmente preparado para o fim do programa do BCE“.

O BCE fica mais uma vez aquém do limite para as compra de dívida portuguesa pois pode comprar até o triplo de dívida nacional por mês. A entidade liderada por Mario Draghi começou por destinar 80 mil milhões por mês no âmbito do seu programa de compra de dívida aos países da zona euro. Em abril deste ano, esse teto baixou para os 60 mil milhões. O plano arrasta-se há 29 meses e tem como objetivo reduzir o risco da dívida dos Estados membros da União Europeia.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

BCE: compra de dívida portuguesa com novo mínimo de 414 milhões

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião