Bitcoin volta aos recordes e ultrapassa os 5.100 dólares

Por breves instantes, a bitcoin valeu 5.136 dólares esta quinta-feira. É um recorde para a divisa virtual, que nunca tinha superado a fasquia dos 5.000 dólares por moeda.

A bitcoin voltou a terreno inexplorado. A conhecida moeda virtual descentralizada já ultrapassou a fasquia dos 5.000 dólares e cada moeda chegou mesmo a valer cerca de 5.136 dólares durante a sessão desta quinta-feira. Encontrava-se a valorizar 6,34% perto da hora de publicação deste artigo.

A divisa virtual continua a beneficiar da sua grande popularidade e o entusiasmo não dá sinais de abrandamento. Desde o início do ano, a valorização chega já aos 439,7%, tendo-se acentuado neste segundo semestre do ano. Nos primeiros seis meses, a valorização rondou os 138% e, em dezembro do ano passado, cada moeda valia perto de 1.000 dólares.

A evolução do valor da bitcoin desde janeiro

Fonte: Bloomberg

A notícia surge num momento de forte recuperação do valor da bitcoin quem, no mês passado, caiu novamente para baixo do limiar dos 4.000 dólares, face às barreiras impostas pelo banco central da China, que proibiu as transações intermediadas e as ICO, as ofertas iniciais de moeda, uma operação usada por muitas startups para se financiarem. A China é um dos principais mercados deste ativo.

À Bloomberg, Jon Moulton, um trader britânico com experiência em bitcoin, reconheceu que este “é um mercado muito especulativo”. “Vai ser um ativo muito volátil durante um longo período de tempo”, acrescentou.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Bitcoin volta aos recordes e ultrapassa os 5.100 dólares

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião