Bitcoin volta aos recordes e ultrapassa os 5.100 dólares

Por breves instantes, a bitcoin valeu 5.136 dólares esta quinta-feira. É um recorde para a divisa virtual, que nunca tinha superado a fasquia dos 5.000 dólares por moeda.

A bitcoin voltou a terreno inexplorado. A conhecida moeda virtual descentralizada já ultrapassou a fasquia dos 5.000 dólares e cada moeda chegou mesmo a valer cerca de 5.136 dólares durante a sessão desta quinta-feira. Encontrava-se a valorizar 6,34% perto da hora de publicação deste artigo.

A divisa virtual continua a beneficiar da sua grande popularidade e o entusiasmo não dá sinais de abrandamento. Desde o início do ano, a valorização chega já aos 439,7%, tendo-se acentuado neste segundo semestre do ano. Nos primeiros seis meses, a valorização rondou os 138% e, em dezembro do ano passado, cada moeda valia perto de 1.000 dólares.

A evolução do valor da bitcoin desde janeiro

Fonte: Bloomberg

A notícia surge num momento de forte recuperação do valor da bitcoin quem, no mês passado, caiu novamente para baixo do limiar dos 4.000 dólares, face às barreiras impostas pelo banco central da China, que proibiu as transações intermediadas e as ICO, as ofertas iniciais de moeda, uma operação usada por muitas startups para se financiarem. A China é um dos principais mercados deste ativo.

À Bloomberg, Jon Moulton, um trader britânico com experiência em bitcoin, reconheceu que este “é um mercado muito especulativo”. “Vai ser um ativo muito volátil durante um longo período de tempo”, acrescentou.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Bitcoin volta aos recordes e ultrapassa os 5.100 dólares

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião