Meo Arena vai mudar de nome para Altice Arena

  • ECO
  • 13 Outubro 2017

A Meo, que é cada vez mais Altice, deverá anunciar na segunda-feira a alteração do nome do antigo Pavilhão Atlântico para Altice Arena. Virão executivos de topo a Portugal para um encontro.

Na próxima segunda-feira, deverá ser anunciada a mudança de nome do Meo Arena para Altice Arena.Paula Nunes / ECO

O Meo Arena, outrora conhecido como Pavilhão Atlântico, vai mudar de nome outra vez. Chamar-se-á Altice Arena naquele que será mais um passo no sentido de universalizar os ativos do grupo debaixo de uma mesma marca. A notícia foi avançada pelo Dinheiro Vivo, que indica que a mudança do naming daquela infraestrutura em Lisboa será comunicada na próxima segunda-feira.

De acordo com o jornal, cerca de 1.500 convidados estarão presentes naquela que é a maior sala de espetáculos do país para uma apresentação. Como já era sabido desde maio, a estratégia de unificação das marcas (à qual escapam os media detidos pelo grupo, como é o caso da BFMTV ou do jornal Liberatión em França) também vai chegar a Portugal, sendo os casos mais flagrantes o da PT Portugal e da Meo, que gradualmente darão lugar à marca única, Altice.

Alguns executivos de topo da empresa também deverão vir a Portugal para este que serám também, um encontro anual da Altice ao nível interno. Virão, segundo o Dinheiro Vivo, 150 executivos de quatro países em que a empresa tem operações. Ao que o ECO apurou, o CEO do grupo, Michel Combes, e Armando Pereira, o histórico sócio de Patrick Drahi e um dos fundadores da Altice, estarão entre os nomes confirmados. Contactada, a empresa não quis comentar estas informações.

(Notícia atualizada às 11h40 com mais informação)

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Meo Arena vai mudar de nome para Altice Arena

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião