Exército sírio recupera última cidade do Daesh

  • Lusa
  • 19 Novembro 2017

O Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH) confirmou o controlo total da cidade pelo regime, afirmando que "os combates tinham cessado no interior da cidade".

O Exército sírio e os seus aliados expulsaram de novo este domingo o grupo ‘jihadista’ auto-proclamado Estado Islâmico (EI) de Boukamal, última cidade nas mãos da organização terrorista, afirmou uma fonte militar.

Com a perda desta cidade do leste da Síria, o EI só controla algumas bolsas na Síria, depois do afundamento do seu ‘califado’ autoproclamado há três anos. “O Exército sírio e as forças aliadas assumiram o controlo da cidade de Boukamal e estão a limpar de minas e de explosivos colocados pelo EI”, indicou a fonte citada pela AFP.

“O EI opôs uma resistência feroz, tendo recorrido a engenhos explosivos e a atacantes suicidas”, precisou a fonte. O Exército sírio tinha anunciado no início de novembro que tinha reconquistado esta cidade do leste da Síria antes de os ‘jihadistas’ terem recuperado o controlo dias mais tarde.

A agência oficial síria Sana também noticiou que as tropas governamentais e os seus aliados “esmagaram as últimos bolsas de terroristas do EI na cidade”.

O Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH) confirmou o controlo total da cidade pelo regime, afirmando que “os combates tinham cessado no interior da cidade”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Exército sírio recupera última cidade do Daesh

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião