Guterres: “Dizem bem de mim, mas só porque saí de Portugal”

  • ECO
  • 19 Novembro 2017

O secretário-geral da ONU foi almoçar com o Financial Times para uma longa entrevista onde faz comentários sobre Portugal, a chegada ao cargo que ocupa e o relacionamento com Trump.

António Guterres considera que atualmente, em Portugal, o seu nome vem acompanhado de comentários positivos, mas apenas porque saiu do país. Quase um ano depois de estar num dos cargos mais importantes do mundo, o ex-primeiro-ministro português faz um balanço das conquistas e problemas que enfrentou numa entrevista com o jornal britânico.

Quando sai do Governo em Lisboa, era atacado por muitas pessoas, mas eu não dizia nada“, revela, em entrevista ao Financial Times (acesso pago). “Agora, claro, toda a gente diz coisas boas sobre mim, mas só porque eu saí de Portugal”, atira o atual secretário-geral das Nações Unidas.

Questionado sobre qual foi a sua maior conquista nos primeiros 11 meses de trabalho, Guterres é direto: “Termos evitado um disrupção com os Estados Unidos”, responde, referindo-se à também nova presidência liderada por Donald Trump, que entrou em funções na mesma altura que António Guterres. Em causa esteve o financiamento dado pelos EUA à ONU quando a Casa Branca queria cortar o dinheiro que entrega a várias entidades.

Contudo, o tom de Trump mudou após o encontro com Guterres em Washington. “O meu truque é simples: ser autêntico. Dizer a verdade às pessoas numa forma em que elas vão perceber“, explica, assinalando também o papel da embaixadora norte-americana na ONU, Nikki Haley. “Eu não sou um profissional do Twitter”, comenta a certa altura, reconhecendo que “Trump é um homem muito prático”.

No entanto, ainda existem muitos problemas por resolver. Por exemplo, a situação na Coreia do Norte continua a ser “extremamente imprevisível atualmente”, classifica o português. Além disso, continua a haver uma diferença de opinião relativamente às alterações climáticas entre a maior parte dos países e a atual presidência norte-americana.

Comentários ({{ total }})

Guterres: “Dizem bem de mim, mas só porque saí de Portugal”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião