Orçamento do Estado: Marcelo “expectante”, vai analisar “com toda a atenção”

  • Lusa
  • 27 Novembro 2017

O Presidente da República afirma que quando receber a versão final do Orçamento "algures a 15, 16, 17 de dezembro", vai analisar "com toda a atenção e interesse".

O Presidente da República afirmou que está expectante em relação à versão final do Orçamento do Estado para 2018, aprovada esta segunda-feira no parlamento, e prometeu analisar o diploma “com toda a atenção e interesse”.

“Estou expectante. Ansioso, não direi. Não é propriamente uma angústia, mas estou expectante”, declarou Marcelo Rebelo de Sousa aos jornalistas, à margem de uma conferência na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa.

O Chefe de Estado reiterou o entendimento de que este Orçamento “tem realidades que até ao último minuto era preciso acompanhar” e acrescentou: “Irei ver a versão final, logo que a receba, com todo o cuidado e com toda a atenção e interesse”.

Questionado se antevê o envio de alguma norma do Orçamento do Estado para 2018 para o Tribunal Constitucional, respondeu: “Não conheço ainda o Orçamento, vamos esperar para depois me pronunciar”.

Segundo o Presidente da República, o diploma deverá chegar às suas mãos “algures a 15, 16, 17 de dezembro”, porque o processo de redação final “nunca é inferior a dez, quinze dias”.

O Orçamento do Estado para 2018 foi aprovado na Assembleia da República em votação final global com votos a favor de PS, Bloco de Esquerda, PCP, “Os Verdes” e PAN, e com votos contra de PSD e CDS-PP.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Orçamento do Estado: Marcelo “expectante”, vai analisar “com toda a atenção”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião