Do presente indesejado à carteira cheia. Saiba como transformar as prendas em dinheiro

  • ECO
  • 25 Dezembro 2017

Não gostou do que recebeu neste Natal? Não se preocupe. Há sempre forma de a transformar... em dinheiro. Saiba como reforçar a carteira para comprar o que realmente queria receber.

A troca de presentes nem sempre é o mais feliz para todos no Natal. Desde a camisola com o padrão natalício até à peúga das raquetes, passando por todo um conjunto de bibelôs que acabam na arrecadação, saiba que pode transformar tudo isso… em dinheiro. O ECO reuniu um conjunto de plataformas onde as suas prendas indesejadas podem ter um potencial de negócio. E permitir gerar fundos para comprar a prenda tão desejada.

OLX e CustoJusto

São provavelmente os sites de vendas mais populares entre os portugueses. Basta escrever o anúncio, tirar fotografias ao produto, e esperar por potenciais compradores. Em ambas as plataformas não é necessário efetuar um registo de utilizador para anunciar, e no caso do CustoJusto o artigo mantém-se à venda no site durante 60 dias. As categorias são várias, tais como tecnologia, vestuário, artigos de bebé, móveis, entre outros.

Mercado Livre e Há Tudo

Embora não tão populares como os anteriores, o Mercado Livre e o Há Tudo são duas plataformas online que permitem a venda e compra de artigos em segunda mão. Em ambos a publicação de anúncios é gratuita, e no caso do Mercado Livre não precisa de se registar. No Há Tudo os anúncios permanecem online durante um período máximo de 30 dias e pode ter até cinco anúncios ativos.

Fnac Marketplace

Se o seu presente também é comercializado na Fnac, saiba que poderá vendê-lo no site da empresa retalhista. O anúncio será colocado junto da página do artigo vendido pela Fnac. A plataforma coloca em contacto o vendedor e o possível comprador, e a sua prenda indesejada estará um passo mais próximo de sair de casa.

Cash Converters

Se esperar pelo potencial comprador não é alternativa, sempre pode optar por uma das várias lojas Cash Converters, em Lisboa ou no Porto. Se estiver noutro ponto do país, a rede de lojas dispõe agora de uma webshop, onde poderá brevemente transformar aquela prenda em dinheiro rapidamente.

Lojas Cex

À semelhança da Cash Converters, as lojas Cex permitem a venda e compra de produtos como jogos, filmes, e tecnologia em segunda mão. A rede Cex conta com 584 lojas em todo o Mundo, 12 delas em Portugal. O grupo marca presença em Viana do Castelo, Braga, Vila Real, Porto, Aveiro e Lisboa.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Do presente indesejado à carteira cheia. Saiba como transformar as prendas em dinheiro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião