Hoje nas notícias: subsídio de desemprego, BCP e offshore

  • ECO
  • 24 Janeiro 2018

Dos jornais aos sites, passando pelas rádios e televisões, leia as notícias que vão marcar o dia.

O subsídio de desemprego extraordinário, que chegará a cerca de 13 mil beneficiários, e o processo de contra-ordenação por falhas no combate ao branqueamento de capitais, instaurado pelo Banco de Portugal contra o BCP, são duas das notícias que fazem as manchetes esta quarta-feira.

Subsídio de desemprego extraordinário chega a 13 mil pessoas

A medida extraordinária de apoio a desempregados de longa duração, criada em 2017, vai chegar a cerca de 13 mil pessoas. Os potenciais beneficiários vão começar a ser notificados pela Segurança Social esta semana e têm 90 dias para apresentar o pedido. O apoio extraordinário será concedido durante seis meses e corresponde a 80% do subsídio social de desemprego. Leia a notícia completa no Diário de Notícias / Dinheiro Vivo.

“Apagão” das offshore tem um ano. Não há responsáveis

Foi há mais de um ano que se detetou o “apagão” de dados do fisco, relativo a 10 mil milhões de euros de transferências feitas de Portugal para territórios offshore. E continua a não haver responsabilidades apuradas. Segundo o Público, trata-se de uma “incógnita” aquilo que a Autoridade Tributária e Aduaneira está a fazer para esclarecer o caso e apurar a eventual existência de responsabilidades dos serviços. Leia a notícia completa no Público (acesso condicionado).

BCP acusado de falhas no combate a branqueamento de capitais

O Banco de Portugal abriu, a 27 de julho do ano passado, um processo contraordenacional contra o BCP, acusando o banco liderado por Nuno Amado de falhas, verificadas em 2012, no cumprimento de medidas de combate ao branqueamento de capitais. O BCP defende que a sua estrutura de combate ao branqueamento de capitais é “adequada”. O regulador deverá tomar uma decisão final, de condenação ou arquivamento, ainda este semestre. Leia a notícia completa no Jornal de Negócios (acesso pago).

Turismo do Norte sem dinheiro para pagar salários

O Turismo do Porto e Norte de Portugal está sem dinheiro para pagar os custos de funcionamento e os salários dos funcionários depois de 31 de janeiro, uma situação que poderá provocar o encerramento dos postos de turismo do Aeroporto do Porto e de S. Bento, no centro da cidade. A situação é denunciada pelo presidente da Associação de Comerciantes do Porto, Nuno Botelho. Em causa está o facto de a Direção-Geral do Orçamento ter cativado 100% das verbas que deveriam ser transferidas para a entidade. Leia a notícia completa no Jornal de Notícias (acesso pago).

 

Carris recorre à banca para comprar 250 autocarros

Até ao final de 2019, a Carris deverá adquirir 250 novos autocarros, segundo os planos anunciados por Fernando Medina, presidente da Câmara de Lisboa, ainda no final de 2016. Para financiar essas aquisições, a empresa vai recorrer a entidades europeias e à banca. O valor dos financiamentos de curto e médio prazo ascenda, só este ano, a 16,4 milhões de euros. O investimento total na compra destes autocarros será de cerca de 60 milhões de euros. Leia a notícia completa no Jornal de Negócios (acesso pago).

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Hoje nas notícias: subsídio de desemprego, BCP e offshore

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião