Aplicação myTaxi vai chegar ao Porto até abril

A myTaxi, semelhante à Uber mas que permite reservar táxis, prepara-se para chegar à cidade do Porto até abril. Já tem ao serviço 1.200 taxistas em Lisboa.

Pedro Pinto, manager da myTaxi Portugal.D.R.

A aplicação myTaxi, que permite reservar táxis através de uma aplicação móvel e está disponível em Lisboa, prepara-se para expandir operações à cidade do Porto, o que deverá acontecer até abril. O serviço é visto como uma alternativa à Uber, mas usa táxis ao invés de automóveis privados. A informação surge num comunicado onde a myTaxi garante que a “entrada no Porto” está “prevista para o primeiro quadrimestre de 2018”.

A empresa revela contar com 1.200 taxistas inscritos na plataforma só na cidade de Lisboa, tendo registado “mais de 100.000 downloads por parte dos utilizadores nos principais sistemas operativos. Desta forma, diz encerrar o ano de 2017 com “um crescimento de 60% na sua atividade em Portugal, um número que reflete um aumento quer ao nível de receitas e volume de negócios, mas também no que diz respeito ao número de motoristas”.

A myTaxi, liderada por Pedro Pinto, garante ainda que “injetou no setor de táxis da cidade de Lisboa mais de um milhão de euros, traduzidos em campanhas, atualizações tecnológicas, apoios e incentivos aos motoristas”. Na nota de imprensa, a myTaxi frisa que tem como objetivo “contribuir para a modernização do setor”.

“A entrada na cidade do Porto faz parte do plano definido para o primeiro quadrimestre do ano. Paralelamente a isso, este será também um ano de várias iniciativas e parcerias que nos vão permitir não só continuar a crescer, mas acima de tudo, continuar a conquistar a confiança dos utilizadores e do setor dos táxis”, refere Pedro Pinto, diretor-geral da empresa, citado em comunicado.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Aplicação myTaxi vai chegar ao Porto até abril

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião