PT2020: Pela primeira vez, associações juntam-se para promover internacionalização

Pela primeira vez, oito associações empresariais juntaram-se para apresentar candidatura de apoio à internacionalização, no âmbito do programa Portugal 2020. Mais de 500 PME podem vir a beneficiar.

Pela primeira vez, oito associações juntaram-se para levar mais de cinco centenas de pequenas e médias empresas portuguesas ao resto do mundo. No âmbito do programa Portugal 2020, esta inédita candidatura de apoio à internacionalização, anunciada esta segunda-feira, tem como objetivo aumentar o número de companhias nacionais exportadoras.

“Cada [associação] tem apresentado a sua própria candidatura [nos últimos anos]”, explicou ao ECO a diretora de internacionalização da Associação Industrial Portuguesa (AIP). Filomena Pires sublinhou que a união destas entidades — que acontece, pela primeira vez, este ano — pretende agora “otimizar sinergias”. “Sentimos que juntos temos muito mais a ganhar”, reforça.

As associações empresariais esperam, assim, proporcionar às empresas envolvidas neste projeto o acesso a um leque de oferta de mercados mais diversificado, bem como a oportunidade de ganhar escala e maior eficiência.

A candidatura pretende, desde modo, que até dezembro de 2019, sejam realizadas missões empresariais aos mercados da Argélia, Cabo Verde, Canadá, Colômbia, Costa do Marfim, Emirados Árabes Unidos, Gana, Guiné-Bissau, Japão, Marrocos, Moçambique e Vietname. Já no que diz respeito aos mercados europeus — nomeadamente Alemanha, França e Reino Unido — está prevista a participação em feiras nas áreas da aeronáutica, espaço e defesa para reforçar o reconhecimento das companhias portuguesas.

Para complementar este processo de afirmação nacional a nível global, será ainda incentivada a vinda de importadores dos mercados referidos a Portugal para aprofundar os contactos. “[Os clientes internacionais] têm a possibilidade de visitar a empresa, o que não aconteceria numa missão ao mercado”, esclarece Filomena Pires, enfatizando que os potenciais interessados nos produtos portugueses ficam assim a conhecer todo o seu processo de criação.

Por tudo isto, as oito associações empresariais envolvidas neste projeto esperam contribuir para o equilíbrio da balança comercial, desenvolvendo a economia nacional e das regiões geográficas integradas na candidatura.

As oito associações envolvidas são, além da AIP, a Associação Empresarial da Beira Baixa, a Associação Empresarial da Região do Algarve, a Associação Empresarial do Baixo Alentejo e Litoral, a Associação Empresarial da Região de Coimbra, o Núcleo Empresarial da Região de Évora, o Núcleo Empresarial da Região de Portalegre e a Associação Empresarial da Região de Santarém.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

PT2020: Pela primeira vez, associações juntam-se para promover internacionalização

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião