Cuatrecasas reforça escritórios de Lisboa e Porto

A Cuatrecasas reforçou, no início do ano, as áreas de Direito Fiscal, Imobiliário, Propriedade Intelectual e Societário e M&A nos escritórios de Lisboa e Porto.

A Cuatrecasas reforçou, no início do ano, as áreas de Direito Fiscal, Imobiliário, Propriedade Intelectual e Societário e M&A nos escritórios de Lisboa e Porto.

Em Lisboa, a área de Direito Imobiliário ficou reforçada com a entrada de Raquel Sirvoicar Rodrigues, com experiência no setor, nomeadamente enquanto jurista da Sonae Sierra. A equipa de Direito Societário e M&A integrou Sofia Monge de Araújo, que transita da Miranda & Associados, e Filipe Valentim Ramos, anteriormente advogado da PLMJ.

O escritório do Porto reforçou a área de Direito Fiscal com a entrada de Miguel Gonzalez Amado, que transita da sociedade de advogados Telles de Abreu, e Tiago Martins de Oliveira, que vem da Efacec. Na área de Propriedade Intelectual, Joana Campos e Matos juntou-se à equipa, vinda do grupo Sonae.

A Cuatrecasas, Gonçalves Pereira conta atualmente com perto de 140 advogados em Portugal e, a nível global, com cerca de mil advogados, em 12 países.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Cuatrecasas reforça escritórios de Lisboa e Porto

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião