Antiga sede do OLX vendida por três milhões de euros

O OLX vai mudar-se este mês para um novo edifício no centro de Lisboa. Deixa um espaço na avenida Duque D'Ávila que já foi vendido por três milhões de euros.

Edifício na Duque D’Ávila vendido por três milhões de euros.Telmo Miller

Mais de um ano depois, está finalmente fechada a mudança dos escritórios do grupo OLX para um novo espaço numa zona central em Lisboa. A empresa deverá abandonar os dois edifícios que ocupava na Avenida Duque d’Ávila até ao final deste mês. Um deles já foi vendido pela consultora imobiliária Worx a um investidor nacional por cerca de três milhões de euros.

O ECO sabe que o OLX estava à procura de uma casa nova pelo menos desde abril de 2017. Até aqui, o grupo dividia operações entre espaços distintos, com os engenheiros e demais trabalhadores a frequentarem dois edifícios separados em lados diferentes da mesma rua.

Ora, um dos edifícios na Duque d’Ávila que o OLX vai abandonar já foi vendido pela consultora imobiliária Worx a um investidor nacional. O montante terá rondado os três milhões de euros, apurou o ECO junto de uma fonte ligada ao processo. Era nesse edifício que a Naspers — grupo internacional que detém o OLX –, mantinha um discreto centro de desenvolvimento de tecnologia para as operações do grupo a nível internacional.

O imóvel vendido tem 1.500 m2 e inclui 13 lugares de estacionamento. Alojava ainda vários escritórios de outras empresas, como Amen World, INP e Noreva.

“Esta operação mostra que para além dos investidores internacionais que começam a estar atentos ao nosso mercado, os investidores nacionais continuam a estar presentes e têm uma vantagem na rapidez de negócio, uma vez que quando encontram uma oportunidade que preencha os seus requisitos, avançam para a aquisição de forma muito célere”, refere Pedro Valente, responsável da Worx.

"Esta operação mostra que para além dos investidores internacionais que começam a estar atentos ao nosso mercado, os investidores nacionais continuam a estar presentes.”

Pedro Valente

Responsável da Worx

“Já encontrámos um escritório novo que vai ao encontro das necessidades do nosso grupo. Neste momento, ainda estamos em processo de mudança, mas o objetivo é concentrar todo o grupo nas novas instalações até ao final do mês”, revelou ao ECO fonte oficial do OLX.

A empresa não revelou onde se localiza esse novo espaço. Sabe-se apenas que é numa zona central da capital portuguesa. Entre as operações que vão mudar de localização estarão marcas bem conhecidas dos portugueses, para além do OLX: a Imovirtual, o Standvirtual, o Coisas, entre outras, operadas em Portugal pela FixeAds.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Antiga sede do OLX vendida por três milhões de euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião