Wall Street em queda à espera da decisão de Trump

As bolsas norte-americanas estão a desvalorizar enquanto os investidores aguardam pelo anúncio da decisão de Donald Trump relativamente ao acordo nuclear com o Irão.

As bolsas norte-americanas abriram em queda, no dia em que o Presidente Donald Trump irá anunciar a sua decisão sobre se os Estados Unidos vão ou não abandonar o acordo nuclear com o Irão. Os investidores antecipam que Trump poderá anunciar uma saída “parcial” do acordo, reforçando as sanções ao país chefiado por Hassan Rouhani.

O S&P 500 está a recuar 0,16% para 2.668,67 pontos, enquanto o tecnológico Nasdaq corrige 0,12% para 7.256,48 pontos. Já o Dow Jones cai 0,14% para perto dos 24.323 pontos.

Destaque para as ações da operadora de cabo Comcast, cujo preço está a cair 1,73% para 31,81 dólares, depois de se saber que a empresa está a preparar uma oferta hostil pelos ativos que a Fox já decidiu vender à Disney por 52 mil milhões de dólares, segundo a Reuters. Em contrapartida, os títulos da Fox somam 2,4% para 38,40 dólares. A Disney, que deverá apresentar contas esta terça-feira após o fecho das bolsas, está a desvalorizar 0,93% para 101,53 dólares.

No campo geopolítico, se os Estados Unidos decidirem abandonar o acordo nuclear, a porta fica aberta para que sejam reforçadas eventuais sanções ao Irão. Isso prejudicará a capacidade de produção industrial do país, o que deverá impulsionar o preço do petróleo.

Alguns analistas têm antecipado que o Presidente poderá abandonar o acordo de forma “parcial”, pelo que a incerteza está a gerar ansiedade nos investidores. “Os comentários mais recentes parecem indicar que, apesar de todo o tumulto, [Donald Trump] poderá anunciar apenas uma saída parcial do acordo”, disse à Reuters o estratega global da Aberdeen Standard Investments, Frances Hudson.

Certo é que o preço da matéria-prima subiu nas duas últimas sessões só com a hipótese de saída do acordo em cima da mesa, tendo inclusivamente ultrapassado a fasquia dos 70 dólares e atingido máximos desde 2014, puxando pelo valor das ações. Mas está a corrigir quase 1% esta terça-feira, com o preço do barril de petróleo em Nova Iorque, para entrega em junho, a negociar nos 70,13 dólares.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Wall Street em queda à espera da decisão de Trump

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião