Sonae está a criar um gigante europeu de cibersegurança

A Sonae, através da Sonae IM, fundiu duas empresas espanholas especializadas em cibersegurança. É o "primeiro passo" para criar uma empresa líder ao nível europeu.

A Sonae continua a apostar no mercado da segurança cibernética. Depois de fechar o ano com duas novas empresas de cibersegurança no portefólio, acaba de anunciar uma fusão entre duas companhias espanholas, abrindo caminho para a “criação de um líder europeu de cibersegurança” na Península Ibérica, com 400 trabalhadores “altamente especializados”. A operação está a ser realizada pela Sonae IM, a subsidiária da Sonae que investe em tecnologia.

Uma das companhias é a S21Sec, da qual a Sonae IM já era a principal acionista desde 2014, com sede em Barcelona e “uma forte presença na América Latina”. A outra é a Nextel, que conta “com 30 anos de experiência” e presta serviços de auditoria, consultoria e integração de soluções de segurança informática.

A informação foi comunicada pela Sonae IM numa nota enviada à imprensa, na qual a empresa liderada por Cláudia Azevedo indica que este é “um passo decisivo” na criação de uma empresa líder neste segmento, a nível europeu. “A empresa combinada contará com cerca de 400 profissionais altamente especializados em cibersegurança, e com uma base de clientes que inclui a maioria das grandes empresas ibéricas”, indica a Sonae IM.

Um dos objetivos passa por dar resposta “à crescente complexidade do cibercrime”. Para Carlos Alberto Silva, diretor executivo da Sonae IM, é ainda um negócio que consolida “o projeto” iniciado em 2014 com a entrada no capital da S21Sec, “reforçado em 2016 com o investimento na Sysvalue”, que tem sede em Lisboa.

Nos últimos tempos, o negócio da cibersegurança tem merecido atenção especial por parte do ramo de investimentos do grupo Sonae. Em meados de novembro de 2017, a empresa entrou no capital da tecnológica norte-americana de cibersegurança Artic Wolf. Cerca de uma semana depois, anunciava um investimento na alemã Secucloud, companhia especializada em segurança na “nuvem”.

A empresa resultante da fusão entre a S21Sec e a Nextel deverá ser controlada pela Sonae IM e, ao que o ECO apurou, existirão sinergias com as outras empresas do mesmo ramo que fazem parte do portefólio do grupo português. “Espera-se que a transação esteja concluída num prazo de semanas”, refere a empresa.

A Sonae acredita que esta fusão resultará em valor acrescentado por diversos motivos. Entre eles está o “potencial de criação de valor”, com destaque para a “ampliação da base de clientes por setor”, o “reforço da escala nas regiões” onde as empresas já estão presentes, a “oferta enriquecida com as melhores competências e capacidades de ambas as partes” e a constituição de uma “equipa reforçada ao nível da dimensão e da diversidade de especialistas de cibersegurança”.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Sonae está a criar um gigante europeu de cibersegurança

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião