Morreu Wang Jian, presidente e fundador do grupo HNA, acionista da TAP

O co-fundador do grupo faleceu esta terça-feira, vítima de uma queda acidental em França.

Wang Jian, um dos fundadores e co-chairman da Hainan Airlines (HNA Group), acionista da TAP, morreu esta terça-feira, vítima de uma queda durante uma viagem de negócios a França, anunciou a empresa, citada pelo Financial Times (acesso condicionado).

“O grupo HNA estende as suas profundas condolências à família do senhor Wang e aos seus muitos amigos”, escreveu o HNA Group em comunicado, sem adiantar mais pormenores, afirmando apenas que terá sido uma queda acidental, na região de Provence, de acordo com o FT. Ainda segundo a imprensa francesa, um turista chinês terá caído nas escadas de uma igreja enquanto tentava tirar uma foto, tudo indicando que se tratará de Wang Jian.

“Juntos, lamentamos a perda de um líder e modelo exemplar, excecionalmente talentoso, cuja visão e valores continuarão a ser um farol para todos os que tiveram a sorte de o conhecer, bem como para outros cujas vidas se cruzaram com a dele”, continuou.

Wang Jian tinha 57 anos e, ao lado de Chen Feng, fundou o HNA Group na década de 90. Detinha 15% das ações da empresa, escreve a Bloomberg (conteúdo em inglês) e, após a notícia, o site do grupo mudou para tons cinzentos como forma de luto.

Isto acontece numa altura em que o conglomerado chinês passa por um período financeiro complicado, estando a vender vários ativos para conseguir reduzir a dívida acumulada. A empresa detém atualmente 45% da TAP, para além de quase 10% do Deutsche Bank. Recentemente vendeu a sua participação de 25% na cadeia hoteleira Hilton Worldwide.

(Notícia atualizada às 10h06)

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Morreu Wang Jian, presidente e fundador do grupo HNA, acionista da TAP

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião